Olá.

Seja bem vindo ao nosso blog. Nós somos 4 viciados em CrossFit que resolveram se juntar pra contar pra você tudo que a gente sabe e curte! Esperamos que você goste!

Como foram os brasileiros nas etapas regionais do CrossFit

Como foram os brasileiros nas etapas regionais do CrossFit

Não podemos dizer que foi o que estávamos torcendo, mas podemos dizer que ficamos muito orgulhosos! Nenhum brasileiro se classificou nas principais categorias do Games: individual masculino, individual feminino ou time nos regionais sul que ocorreu esse final de semana em San Antonio, Texas. Mas essa foi a melhor participação brasileira desde que as regionais ficaram nesse formato a partir de 2015 (a análise a ser feita será apenas desse período). Os 5 homens, as 7 mulheres e os dois times fizeram tudo que podiam com certeza absoluta!

Vimos o Anderon Primo (@anderonprimo), mesmo após ter fraturado a tíbia, fíbula e um rompimento de 80% do sóleo, obter a melhor colocação da história de um brasileiro com o 14º lugar. Além de ser o primeiro a ter finalizado todos os WODs dos regionais dentro do time cap. Anita Pravatti (@anitapravatti) também conseguiu a melhor colocação de uma brasileira com o 15º lugar geral. Além de um lindo 3º lugar no evento 6. Vimos a Luiza Dias (@dias_luiza) detonar o evento 5 e conseguir um 2º lugar geral neste evento. E vimos muita....muita superação e força da Caro Hobo (@carohobo), que após ter rompido o tendão do redondo maior e do grande dorsal dois dias antes da viagem, enfrentou com o time Moema (@crossfitmoema) o grande desafio que são os regionais e conquistaram um 21º lugar.

Parece pouco, mas está longe de ser. Somos um país sem tradição em esportes como ginástica ou levantamento de peso. Apesar da ginástica estar agora mais em voga, quantos podemos dizer que fizemos ou competimos na ginástica antes de entrar no CrossFit? E quantos podemos dizer que gostávamos de levantamento de peso olímpico? Muitos dos atletas que hoje são grandes no CrossFit internacional tinham esse background, que nós não temos.

Além disso, quantas boxes tem aquela esteira da assault air runner no box? Ela custa pelo menos R$20.000,00!!! Para que ir tão longe...quantas boxes tem dumbbell de 80 lbs ou 55 lbs no Brasil? Tudo aqui é muito caro. E apesar do imenso crescimento no esporte, estamos apenas engatinhando em tempo que praticamos. O CrossFit só veio parao Brasil em 2009 com Joel Fridman dando aula na marquise do Ibirapuera. Então, tenhamos a paciência necessária e vamos comemorar cada sucesso que tivemos nesse regional! Incluindo aí a ida de um time latino Americano pela primeira vez desde 2014, com os hermanos do BIGG FRIENDS, que conquistaram o 3º lugar geral nas regionais sul esse final de semana! Além das excelentes posições do chileno Marcelo Bruno em 11º e da mexicana Brenda Castro em 12º.

Ao analisar os resultados desse regional, ponham em perspectiva que em 2015, apenas dois anos atrás, tínhamos o Tarcio Santos Ferreira, que ficou em 40º, Artur Machado em 41º, Antonelli Nicole em 21ª, Tatiane Rebane em 32º, Anita Pravatti em 37º e Joyce Sanches em 42º, Time Moema em 29º, Hangar 193 Brazilian Hurricane em 34º e CrossFit SP Bsb Hulks Team m 38º.

Esse ano, notem o avanço, tivemos as seguintes colocações para os brasileiros:

 

Individual Masculino:

 Anderon Primo – 14o

Guilherme Domingues – 24o

Gilson Duarte – 25o

Artur Machado – 26o  

Pablo Chalfun – 40o

 

Individual Feminino:

Anita Pravatti – 15a

Renata Pimentel – 20a

Luiza Dias – 23a

Marina Ramos Jorge – 26a

Antonelli Nicole – 34a

Chris Schmidt – 40a

Karime Ferrari – 42a

 

Times

Team Moema – 21o

CrossFit BH – 38o

Pré treino: O que comer e por que comer? E uma receitinha

Pré treino: O que comer e por que comer? E uma receitinha

Ela está indo para seu 5o regional da CrossFit: Antonelli Nicole

Ela está indo para seu 5o regional da CrossFit: Antonelli Nicole