Os primeiros eventos do CrossFit Games '17

Os primeiros eventos do CrossFit Games '17

Algumas pessoas se assustaram com os eventos anunciados no CrossFit Games de 2017, em particular os 3 primeiros: RUN, SWIM, RUN; CYCLOCROSS; SPRINT O-COURSE. Por que? Talvez por que não temos como fazer na nossa box ou por que não conhecemos a história dos Games direito. O que também faz sentido, tendo em vista que o esporte é recente no Brasil. Mas, de fato, eles parecem muito inspirados no CF Games de 2012, que teve Rich Froning em primeiro para os homens e Annie Thorsisdottir em primeiro para as mulheres.

Para quem não sabe, o CrossFit Games de 2012 começou numa base militar da marinha americana, o Camp Pendleton. Naquele ano, a primeira prova foi um tipo de triathlon onde os atletas tinham que nadar 700 metros, pedalar aproximadamente 8km e correr aproximadamente 11 km. Dessa vez eles terão, na primeira prova, que correr 1.5 milhas, nadar 500m e correr 1.5 milhas. Na segunda prova do dia farão um trecho de bicicleta com alguns obstáculos, que Dave Castro chamou de cyclocross. Enquanto que no primeiro eventos os 40 homens e 40 mulheres farão todos ao mesmo tempo na sua categoria, o segundo evento será feito em grupos de 20 atletas. Para isso, eles farão um teste na quarta-feira do trajeto e os tempos obtidos determinarão a ordem de largada.

Quem se deu bem em 2012 e pode repetir o feito esse ano? Na categoria masculina apenas Scott Panchik e Ben Smith vão competir novamente. Panchik acabou o triathtlon em 4º e Smith em 5º e podem ir muito bem. Do lado feminino, Annie acabou em 14º, Valerie Volboril em 5º, Camille em 33º e Katrin em 20º. Não sei como são os atletas do Games desse ano pedalando, mas a prova de corrida do ano passado e de natação pode nos dar uma dica de como irão alguns esse ano...

Matt Fraser ficou em primeiro na corrida e em 6º na natação e deve ir muito bem na primeira prova. Assim como Brent Fikowski que ficou em 3º e em 1º, respectivamente. Vellner e Gundmondson também tiveram boas colocações e devem ficar bem posicionados, assim como Josh Bridges. Noah Olsen não foi bem na corrida, mas não são mais 7km de ladeira e terra...então espero posição melhor dele. Do lado feminino, acho que Tia Clair-Toomey, Kristi Eramo e Tennil Reed tem tudo para ir muito bem nessa prova, além de, obviamente, Sam Briggs. Não acho que será a prova que fará Sarah e Katrin despontarem de início, mas não espere uma colocação ruim das duas. Mas devemos ver também que Ben Bergeron, que treina Katrin, Fraser, Brooke Wells e Cole Sager fez seus pupilos fazerem um sprint triathlon... um treinamento bem propício para as primeiras provas do Games '17!!

A corrida de obstáculos, o sprint o-course, também vem do Games de 2012. Naquele ano também se passou em Camp Pendleton. A diferença é que agora essa corrida de obstáculos foi toda desenhada para o CrossFit Games pela Rogue e eu acho que vai ser um sprint muito bom de assistir! Em 2012, Annie ficou em 3º lugar, Volboril em 21º, Camille em 20º e Katrin em 24º. Com certeza nenhuma dessas provas são boas para atletas menores como Camille. Do lado masculino, Panchik ficou em um péssimo 32º lugar e Smith em 18º. Nada bom também para dois favoritos ao pódio.

Se a corrida na trilha do ano passado foi um indicativo, apostaria todo meu dinheiro no Fraser e na Briggs para a corrida de obstáculos. Ao mesmo tempo, é para ser um sprint e não um endurance, vamos lembrar disso! E por ter obstáculos por vezes altos, atletas como Fikowski podem brilhar, enquanto que atletas como Bridges podem sair prejudicados. Nesse sentido, se analisarmos a colocação da Toomey na corrida na trilha e no sprint, acho que essa seria uma excelente prova para ela já despontar no CrossFit Games desse ano. É esperar para ver!!!

Quais são as suas apostas?

A História de Superação do atleta do CrossFit Games Nuno Costa

A História de Superação do atleta do CrossFit Games Nuno Costa

CrossFit Games 2017:  Individual Feminino

CrossFit Games 2017: Individual Feminino