Olá.

Seja bem vindo ao nosso blog. Nós somos 4 viciados em CrossFit que resolveram se juntar pra contar pra você tudo que a gente sabe e curte! Esperamos que você goste!

Tamanho importa?

Tamanho importa?

Tamanho importa? Não estou me referindo ao tamanho que vocês estão pensando. Me refiro ao peso e à altura dos atletas, tanto do lado feminino quanto do lado masculino. Existe uma altura ideal para um atleta de CrossFit? Existe um peso ideal?

Se você pensar bem, em muitos esportes ocorre uma seleção natural do tipo físico do atleta desejado. Você não vai ver um atleta baixo jogando basquete, nem um atleta muito leve na corrida dos 100 metros rasos. Em outros esportes, como boxe ou levantamento de peso, há uma separação de categorias por peso. É muito improvável você ver alguém com menos de 60 kgs numa competição de alto nível fazer um snatch com peso maior que alguém de 105+ kgs.

Só que o CrossFit procura o atleta mais generalista. Se você pensar no Games desse ano, tinha uma prova de endurance e uma de RM de snatch. Foram raríssimo os casos em que os mesmos atletas foram bem nas duas provas, como Brent Fikowski e Tia Toomey. O CrosssFit não quer o melhor em um determinado movimento. Então pensar que o CrossFit um dia possa migrar para uma divisão de categorias de pesos não faz muito sentido. Mas faz sentido analisar se está ocorrendo uma determinada seleção natural em termos de altura/peso dos atletas.

Nos Games de 2016 os homens pesavam, em média, 87,5 kgs e as mulheres 64,7 kgs. Em termos de altura, os homens teriam a altura média de 1,78 metros e as mulheres de 1,65 metros. Brent Fikowski e Garret Fisher eram os homens mais altos com 1,88 metros de altura e Kristi Pedri era a mais alta com 1,75 metros. Do lado dos mais baixos, Dakota Rager tem 1,62 metros e Emily Bridges tem 1,55 metros. Brent Fikowski, juntamente com Tim Paulson, era também o mais pesado, com 97,5 kgs. Do lado das mais leves estava Kristi Eramo e a campeã Tia-Clair Toomey, com 58kgs.

E como isso mudou com o tempo?

Veja como o peso corporal médio mudou com o passar do tempo nos Games de 2009, 2010, 2014 e 2016. [1]

                            2009                    2010                      2014                   2016

 Masculino        83,5 kgs                 85,3 kgs               87,1 kgs               87,5 kgs

Feminino          62,1 kgs                  62,6 kgs               64,0 kgs         64,7 kgs

A própria CrossFit publicou um artigo em 2015 [2] fazendo uma análise em 2015 dos classificados para os regionais de 2012 a 2015. Os mesmos critérios de 2015 foram aplicados em todos os anos anteriores para verificar o porte físico dos atletas, seus PRs e tempos em benchmarks. Vamos nos focar apenas no caráter físicos dos atletas dos regionais. Nessa análise, a altura e o peso dos homens e das mulheres classificados para os regionais não mudaram muito e se mantiveram em torno de 1,78 metros 87 kgs para os homens e 1,65 metros e 63,5 kgs para as mulheres.

Isso obviamente não diz que você precisa ter exatamente esse peso e essa altura para ganhar o CrosssFit Games. Mas como no CF o importante é estar bem em tudo, e não necessariamente ganhar alguns eventos e ir muito mal em outros, ser muito alto, muito baixo, muito leve, muito pesado, pode não ser o ideal. Mas aí tem atletas como Fikowski, o mais alto de todos e o mais pesado de todos os classificados e fica em segundo lugar geral. Ou mesmo os campeões desse ano, que fogem desse padrão. Mas, em média, ter esses padrões de peso e altura devem favorecer o crossfiteiro de forma geral, se desconsiderar os pontos fora da curva.

Para finalizar e matar a curiosidade, fiquem os dados dos atuais campeões:

Mathew Fraser: 1,70 metros e 86 kgs.

Tia-Clair Toomey:  1,63 metros e 58 kgs.

 

 

[1] http://boxlifemagazine.com/does-size-matter-the-role-of-bodyweight-in-crossfit/

[2] https://games.crossfit.com/article/evolution-regional-athlete

Quanto ganhou cada atleta do CrossFit Games?

Quanto ganhou cada atleta do CrossFit Games?

Os 9 momentos mais marcantes do CrossFit Games 2017

Os 9 momentos mais marcantes do CrossFit Games 2017