Olá.

Seja bem vindo ao nosso blog. Nós somos 4 viciados em CrossFit que resolveram se juntar pra contar pra você tudo que a gente sabe e curte! Esperamos que você goste!

O benchmark "Kelly"

O benchmark "Kelly"

Você sabe de onde vem o nome de alguns WODs com nomes de mulheres?  Já falamos aqui que eles recebem nomes femininos,  de acordo com Coach Glassman porque “...tudo que te deixa jogado de costas, olhando para o céu e se perguntando o que aconteceu comigo? Merece um nome feminino.” Mas alguns treinos femininos são também uma homenagem a algumas mulheres. Já falamos aqui do Annie (em homenagem a Annie Sakamoto) e do Amanda em homenagem a Amanda Miller.

O Kelly vem de uma história interessante. Kelly Moore era uma policial de Madison, onde foi o Games esse ano, e considerada uma das crossfitters originais. Isso por que nos primórdios do CrosssFit, ela seguia os WODs do site principal e sempre era ativa e postava seus resultados na seção de comentários. E ela era boa. Muito boa. Mesmo perto dos 40 anos ela destruía os WODs. E eis que um belo dia Coach Glassman postou o benchmark Diane: 21-15-9 de deadlifts e hand stand push ups. O peso da barra no site era apenas de 225 lbs (ela pesava 114 lbs) e não tinha um peso diferente para mulheres. Kelly Moore foi lá e fez o WOD e terminou em 4’42”! Um tempo impressionante. E ela foi muito elogiada por isso.

Mas Kelly Moore era humilde.....esse foi o problema dela. Ela postou nos comentários posteriormente que ela conseguiu um tempo bom por que esse treino era muito favorável a ela. Se fosse um treino envolvendo corrida, box jump e wall ball ela teria ido muito mal. Isso que dá falar assim abertamente essas coisas. Dia seguinte, Coach Glassman postou o WOD “Kelly” em sua homenagem, que consiste em:

Kelly

5 rounds for time

400m de corrida

30 box jump, 24 inch box

30 wall ball shots, 20lb ball.

Assim surgiu esse WOD que a Kelly, para seus padrões, foi muito mal. Fez o tempo de 30’58”. De acordo com aplicativo Beyond the White Board, usado no mundo inteiro para cadastrar os tempos dos benchmarks e WODs, os tempos mundiais seriam os seguintes:

Para ficar entre os 10% melhores entres os homens: deve fazer abaixo de 23’40”

Para ficar entre os 10% melhores entres as mulheres: deve fazer abaixo de 25’00”

Para ficar entre os 50% melhores entres os homens:  deve fazer abaixo de 29’31”

Para ficar entre os 50% melhores entres as mulheres:  deve fazer abaixo de 30’41”

Para ficar no 1%, que teria boas chances de ir aos regionais, o seu tempo deve ser inferior a 19’54” se você for homem e 20’59” se você for mulher. Claro que hoje em dia é usado uma caixa de 20 inches e uma bola de 14 lbs no Rx feminino. 

Kelly Moore largou o departamento de polícia e virou staff da CrossFit em 2008.

E você? Qual o seu tempo de “Kelly”?

A relação Reebok & CrossFit

A relação Reebok & CrossFit

Quanto ganhou cada atleta do CrossFit Games?

Quanto ganhou cada atleta do CrossFit Games?