Primeiros classificados para os CrossFit Games serão conhecidos amanhã

Primeiros classificados para os CrossFit Games serão conhecidos amanhã

Está chegando ao fim o primeiro evento sancionado pela CrossFit, o Dubai CrossFit Championship. Evento cheio de estrelas e atletas de Games anteriores mostrando uma disputa acirrada pela primeira vaga para um homem, uma mulher e um time para os CF Games de 2019. O evento começou na quarta-feira com duas provas, quinta-feira com apenas uma e mais três provas hoje. Finalizarã sábado, dia 14/12 com mais 3 provas.

Até agora já foram seis provas disputadas pelos atletas. As duas primeiras envolviam natação em um mar nada muito amigável. Infelizmente, elas ocorreram na madrugada nossa aqui no Brasil e não foram colocadas a disposição para visualização posterior até o presente omento. Na primeira prova era um 21-15-9 de dual KB snatch e dua KB front squat seguido de 350 m de natação. A segunda era 800 m de corrida na air runner e mais 350 m de natação.

Na terceira prova, ocorrida ontem, quinta-feira, os atletas tiveram que correr entre as dunas do deserto com por 4 km com colete e 4 km sem colete. Já hoje, os atletas tiveram 3 provas. No evento 4 foram 5 minutos para achar o PR de snatch. No evento 5, a mais legal das provas até agora, os atletas tinham que levar um Yoke pesado por 20m, fazer 15 HSPU na paralette, 3 rounds de 15 box jumps over e 10 MU, e finalizar levando o yoke de volta para a linha de chegada. Por fim, o dia terminou com um sprint de 500m de ski erg, 500m de remo e 1000 m de bike erg.

Para amanhã, sábado, já temos duas das três provas divulgadas. A primeira é uma prova de rope climb e HSW. A segunda envolve 15 snatches com 90/60 kgs seguidos de 15 cleans and jerk com 110/80 kgs. A final…..só na hora!

Mathew Fraser teve um bom começo ganhando a primeira prova mas, após resultados não tão bons na segunda e na terceira não entrou no terceiro dia na primeira posição. A primeira posição era ocupada pelo francês Willy Georges, que surpreendeu todo mundo nos CF Games desse ano. Mas com dois primeiros lugares e um segundo nos eventos 4,5 e 6, Mat Fraser entra no último dia numa confortável posição para garantir a primeira vaga disponível aos Games de 2019 com 40 pontos de vantagem sobre Georges. Finalizando o pódio, temos Bjorgvin Karl Gudmundsson, vencedor ano passado do Dubai crossFit Championship.

Do lado feminno, a briga está super interessante entre Samantha Briggs e a atleta da crossFit Yas, de Dubai, Jamie Greene. Samantha estava numa posição bem confortável após as 3 primeiras provas de endurance, mas uma 27a colocção no PR de snatch a prejudicou muito e ela chegou a perder a liderança para Jamie Greene. Contudo, um tereiro e um segundo lugar nos eventos 5 e 6 a deixaram 34 pontos à frente de Greene. Quem também teve um bom início mas um meio conturbado foi a atual terceira colocada Sara Sigmundsdottir que ainda pode surpreender muito com os próximos eventos.

Acho quase impossível que Fraser perca essa vaga. Mas as duas provas de amanhã não são das melhores para Briggs. Todos devem se lembrar de como ela foi eliminada nos regionais por causa de HSW em 2014 e, claro, muito melhorou, mas terá sido o suficiente? E ela nunca se deu bem com cargas elevadas e a prova 9 vai colocar isso à prova.

Vale uma menção especial para Mia Aekerlund e dani Speegle que levantaram, respectivamente, 104 e 100 kgs no snatch. Além, é claro de Tola Morakinyo que bateu recorde no PR de Snatch com 150kgs, maior carga já levantada por alguém numa competição de Crossfit. Ele estava competindo com o time da PRO1 de Montreal. Fraser ganhou o individual masculino com 137 kgs.

BANIDO: O que acontece quando você é pego no anti-doping

BANIDO: O que acontece quando você é pego no anti-doping

Já temos as datas do CrossFit Open 2019

Já temos as datas do CrossFit Open 2019