Cuidados na Validação do 18.5 (CrossFit Open)

Cuidados na Validação do 18.5 (CrossFit Open)

Com o anúncio que o 18.5 é o 11.6/12.5 toda a comunidade obteve o que já se esperava, uma combinação intensa de thruster e chest-to-bar pull ups. A vantagem dessa repetição é que a comunidade está bem ciente dos dois movimentos. Ainda assim, sempre vale a pena relembrar alguns cuidados:

THRUSTER

  • O thruster começa com a barra no chão e ela volta ao chão. Não se pode usar colchonete ou rack para apoiar a barra!
  • Ao largar a barra no chão, ela tem que estar em repouso antes de reiniciar o movimento.
  • Cuidado para os pesos! 100 lbs não são 95 lbs! Se no seu box não tem como colocar 100, coloque a mais! Nunca a menos! 
  • Para a sua conveniência, o peso mínimo em kgs aceito 45 kg (100 lb.), 29 kg (65 lb.), 20 kg (45 lb.) e 15 kg (35 lb.).
  • Os braços devem terminar em extensão completa e travados acima da cabeça.
  • Um cluster pode ser usado sempre que a barra sair do chão.
  • Nem preciso falar que tem que quebrar a paralela né? Mas acho bom lembrar que não pode colocar uma bola ou caixa ou qualquer coisa que indique que a paralela foi quebrada para o atleta.

CHEST-TO-BAR PULL UPS

  • O atleta deve começar o movimento com a mão na barra e os pés fora de qualquer apoio.
  • O peito deve tocar a barra NECESSARIAMENTE. Apenas atingir a altura mas não tocar é NO REP.
  • Pode usar kipping, butterfly ou na força mesmo.
  • Pode usar grip ou passar fita. NÃO PODE USAR OS DOIS.
  • Qualquer pegada na barra é permitida para você conseguir o seu chest-to-bar pull up.

É isso. Chegamos ao fim do Open 2018! Detonem!

Análise Preliminar do 18.5 (CrossFit Open)

Análise Preliminar do 18.5 (CrossFit Open)

As lições do CrossFit Open 2018

As lições do CrossFit Open 2018