Recapitulando os East Regionals

Recapitulando os East Regionals

Como não começar escrevendo sobre a vitória acachapante de Katrin Davidsdottir esse ano? Dos seis eventos, ela ganhou 5! E no que ela não ganhou, ficou em terceiro. Ter ficado em 5o lugar ano passado realmente mexeu com ela a esse ponto. Em um post no Instagram, Ben Bergeron admitiu que errou ano passado. Ele achava que se ela chegasse saudável nos Games, ela venceria. Ele admitiu que subestimou as concorrentes.  Esse ano ele falou que eles trabalharam mais, mais pesado e mais intenso. E se provou já nos regionais.

O restante do leaderboard não foi tão surpreendente. Kari Pearce vai novamente ao Games após garantir o segundo lugar, não tendo terminado nenhum evento fora dos Top 5. A vencedora do ano passado, Carol-Ann Reason-Thibault, assegurou a terceira posição, mas não conseguiu repetir o feito do ano passado. Mesmo assim, não terminou também fora dos top 5 em nenhum evento. Dani Horan, veterana do Games, selou sua volta com o quarto lugar.

A surpresa mesmo veio no quinto lugar com a primeira classificação de Chloe Gauvin-David, que terminou o último evento na 34a colocação! E não tinha certeza que estaria classificada até o anúncio final. E ela ficou apenas 6 pontos à frente da sexta colocada, Carolyne Prevost.

Na categoria masculina, com a saída de Matt Fraser dessa regional para a Central, Patrick Vellner dominou o regional e garantiu sua vaga e sua primeira vitória num regional, mesmo tendo ganhado apenas um evento. Mesmo assim, temos que o 3o fittest man on earth por dois anos consecutivos voltará ao Games com confiança.

Surpreendeu a recuperação de Tim Paulson que começou com um 20o  lugar no evento 1, de endurance, e terminou o final de semana no segundo lugar. Assim ele garantiu sua volta ao Games esse ano. Craig kenney, que desde 2014 não ia aos Games, garantiu o terceiro lugar e vaga esse ano.

Já o canadense Alexadre Caron garantiu sua primeira vaga nos Games esse ano com um quarto lugar nos East Regionals. Marquan Jones, que desde 2014 não se classificava para os regionais, não apenas se classificou esse ano para os regionais como também para o seu primeiro CrossFit Games.

Surpreendente mesmo foi a performance de Alex Vigneault. Ele foi o segundo lugar geral no Open, já tinha ficado de fora ano passado por causa de uma lesão, e fez um regional bem incomum para seus padrões.Terminando na 19a colocação esse ano, ele amargou até um 31o lugar no evento 4. Além dele, outros dois veteranos dos Games ficaram de fora, Paul Tremblay e Cody Mooney, que depois de quase não se classificar para os regionais, ficou de fora na sexta colocação.

Recapitulando os South Regionals

Recapitulando os South Regionals

Renata Pimentel está fora dos Regionais

Renata Pimentel está fora dos Regionais