Será que vem ai a primeira tecnologia  wearable para CrossFit?

Será que vem ai a primeira tecnologia wearable para CrossFit?

Sobre os wearables.

Medidores tecnológicos existem desde dos anos 80 com a chegada dos medidores de batimento cardíaco. Porém a popularização só veio acontecer na metade dos anos 2000. 

Em 2006, a Nike e a Apple lançaram o  Nike+iPod, uma linha inteira de tênis com um pedômetro dentro da sola que sincronizava com o iPod para gravar a distância percorrida  e as calorias gastas.  Essa tecnologia e a comunidade de corredores que apareceu com ela cresceu e tornou-se a única e maior comunidade de corredores do planeta, com milhões de usuários e que até hoje continua a crescer. 

E o CrossFit? 

Na indústria do CrossFit, empresas como Beyond the Whiteboard, Athex, e Wodify desenvolveram aplicativos para que usuários gravem seus resultados porém de forma manual.  

E a principal diferença entre o Nike+ e esses outros aplicativos é: 1). Informação de Performance é gravada automaticamente através do wearable, e 2). Por causa disso, você consegue acessar informações parciais no meio do treino, como velocidade atual e velocidade média, não só o resultado final. 

Mas CrossFit é bem diferente e complicado de mapear.

Imagine o seguinte cenário: o seu resultado no WOD “Fight Gone Bad” melhorou se comparado com a tentativa de 6 meses atrás, porém você não sabe porque, só sabe que conseguiu fazer mais reps.  Você não consegue analizar o tempo que passou descansando vs o tempo fazendo o treino, ou  ver em detalhes onde você foi mais rápido ou mais devagar em cada round. Alguns aplicativos nem permitem que você grave as informações por round, somente o resultado final.  

Uma maneira de ter essas informações seria contar e guardar tudo manualmente, algo que atletas profissionais fazem. Outra maneira seria construindo um dispositivo “wearable” que consiga identificar o movimento e a sua performance a cada repetição. Mas como você já sabe, o CrossFit é muito mais complexo que uma simples corrida já que existem dezenas de movimentos e tipos de WOD.

É aí que entra a Nexus.

Durante o Central Regional, a Nexus revelou um novo dispositivo que eles dizem que resolverá esse problema. Esse diapositivo, batizado de “the PUSH band”  foi desenvolvido pela empresa dona da Nexus, que possui contrato com grandes times como o Seattle Seahawks, o Oklahoma Thunder, o Irish Rugby Union e muitos outros.

O “The PUSH band” é um pequeno monitor colocado dentro de uma meia de compressão usada no braço. Durante o Central Regional o atleta Lucas Parker fez umas demonstrações.

“Funciona muito bem para contar as repetições em tempo real,” disse Lucas Parker. “Quando o atleta está fazendo burpees o dispositivo automaticamente identifica que agora estou fazendo burpees.”

Lucas demostrou duas vezes fazendo WODs de 30 segundos e o app conseguiu fazer a divisão e contagem correta do WOD. Tambem conseguiu identificar os momentos de descanso e de treino ativo, além de mostrar outras estatísticas bem legais.  

E como compro um? 

Essa é a pergunta de 1 milhão de dolares, ou de $299 dolares. O produto está disponível em número limitado para pré-compra (envio começando em julho 2018) e se a gente receber um com certeza faremos um demonstração pra vocês .

Melatonina: muito além do sono

Melatonina: muito além do sono

Time da East Woodbridge é desclassificado do CrossFit Games por falhar no test Antidoping

Time da East Woodbridge é desclassificado do CrossFit Games por falhar no test Antidoping