10 substâncias proibidas pela CrossFit e os riscos para a sua saúde

10 substâncias proibidas pela CrossFit e os riscos para a sua saúde

Eduque-se sobre este assunto controverso.

Este artigo explora uma seleção de PEDs – Peformance Enchancing Drugs (Drogas para Aumento de Performance) no CrossFit com base no princípio de que conhecimento é poder.

As PEDs nos esportes são uma realidade controversa e universal, mas que devem ser combatidas constantemente. O nosso intuito é informar como essas drogas afetam o corpo humano. Não é difícil imaginar as pressões que poderiam levar um atleta a tomar PEDs, mas acreditamos que quando as pessoas entenderem que muitos SARMS (Selective androgen receptor modulators ou Moduladores Metabólicos - estes simulam os efeitos das drogas androgênicas, mas são muito mais seletivos em sua ação, permitindo que sejam usados para de varias formas sendo menos limitados do que os esteróides anabolizantes) ainda não possuem nomes comerciais porque ainda não foram aprovados para consumo humano, e que as pesquisas médicas tiveram que ser interrompidas porque os ratos de teste estavam desenvolvendo câncer, pode servir como uma forma de alerta para que parem de utilizar essas substâncias.

Ao final do texto também incluímos uma versão traduzida sobre as políticas oficiais antidoping da CrossFit e como eles testam rigorosamente os atletas.

 

O CROSSFIT PROÍBE AS SEGUINTES CLASSES DE DROGAS EM TODOS OS MOMENTOS:

  • Anabolizantes

  • Drogas de Rua

  • Diuréticos e outros agentes de mascaramento

  • Hormônios e Análogos Peptídeos

  • Anti-Estrogênios e Moduladores Metabólicos(SARMS)

  • Beta-2 Agonists (permitido com receita médica e TUE, e apenas por inalação)

Veja abaixo como cada substância afeta o corpo humano e os riscos que corre ao utiliza-las.

TESTOLONE - RAD140

Em 2017, Ricky Garard, um australiano de 23 anos, perdeu os US $ 76 mil que ganhou por seu terceiro lugar no geral e por seus primeiros lugares nos eventos individuais. Ele também foi proibido de participar de qualquer evento sancionado pela CrossFit até a temporada de 2021, e seu convite para competir no Reebok CrossFit 2017 foi rescindido. Ele testou positivo para testolona e um Beta-2 Agonists conhecido como endurobol.

Testolone, também conhecido como RAD140, é um composto em estudo para o tratamento de câncer e desordens musculares. É um modulador seletivo do receptor de andrógeno (SARM) biodisponível por via oral que tem a capacidade de aumentar a massa muscular magra e reforçar os efeitos da testosterona.

 

ENDUROBOL - GW 501516

Endurobol (GW 501516 ou Cardarine) é um produto químico de pesquisa desenvolvido na década de 1990 para prevenir e curar a formação de tumores no cólon, próstata e seios. Estudos realizados no início dos anos 2000 descobriram que o GW 501516 e outros agonistas do PPAR também foram capazes de parar distúrbios metabólicos, como obesidade e diabetes, através de expressões gênicas específicas. Endurobol também foi encontrado para ter a capacidade de queimar o tecido adiposo em excesso, melhorar a recuperação e aumentar drasticamente a resistência.

A pesquisa foi abandonada em 2007 porque os testes em animais mostraram que a droga fez com que o câncer se desenvolvesse rapidamente em vários órgãos. A WADA desenvolveu um teste para o GW501516 e outros produtos químicos relacionados e os adicionou à lista proibida em 2009; emitiu avisos adicionais aos atletas de que o GW501516 não é seguro.

 

MODULADORES METABÓLICOS (SARMS)

Josée Sarda, de 52 anos, do box Canadá East, que ficou em primeiro lugar na Divisão Masters Mulhers entre 50-54, testou positivo para um modulador seletivo de receptor andrógeno ( na sigla em inglês SARMs), ostarina e testolona.

 

SARM é um tipo de droga quimicamente similar aos esteróides anabolizantes. SARMs são drogas que fornecem alguns dos benefícios dos esteróides anabolizantes com menos efeitos colaterais a curto prazo.

Pesquisas mostram claramente que esses compostos suprimem a produção natural de testosterona e impactam negativamente o sistema endócrino, e há evidências de que eles podem aumentar o risco de câncer também. Várias pesquisas com o SARM Cardarina tiveram que ser cancelados por que estava causando crescimentos cancerígenos no intestino de camundongos.

 

OSTARINE

Ostarine é outro modulador metabólico (SARM). Foi desenvolvido por uma empresa farmacêutica conhecida como GTX para ajudar as pessoas a lutar contra as condições de desgaste muscular. Atinge o resultado final ligando os receptores androgênicos da mesma maneira que pró-hormônios ou esteróides anabolizantes.

 

hGH - HORMÔNIO DE CRESCIMENTO HUMANO

O hGH, produzido pela glândula pituitária, estimula o crescimento em crianças e adolescentes. Também ajuda a regular a composição corporal, os fluidos corporais, o crescimento muscular e ósseo, o metabolismo do açúcar e da gordura.

É usado para tratar a síndrome de Turner, um distúrbio genético que afeta o desenvolvimento de uma menina, síndrome de Prader-Willi (um distúrbio genético incomum causando tônus muscular pobre, baixos níveis de hormônios sexuais e uma constante sensação de fome), doença renal crônica e hGH deficiência ou insuficiência.

O hGH estimula muitos processos metabólicos nas células e afeta o metabolismo de proteínas, gorduras, carboidratos e minerais. O principal papel do hGH é estimular o fígado a secretar fator de crescimento semelhante à insulina (IGF-I). O IGF-I estimula a produção de células de cartilagem, resultando no crescimento ósseo e também desempenha um papel fundamental na síntese de proteínas musculares e no crescimento de órgãos.

A hGH é proibida dentro e fora da competição na seção S2 da Lista de Substâncias e Métodos Proibidos da WADA.

Alguns dos efeitos atribuídos à hGH, que podem explicar a atração pelo seu uso como um agente de doping, especialmente em esportes de força e resistência, inclui a redução da gordura corporal (lipólise), o aumento da massa muscular e da força (efeito anabólico), bem como seus efeitos de reparação tecidual (recuperação) no sistema musculoesquelético. As ações anabólicas do GH são mediadas principalmente pelo IGF-I e incluem aumentos no turnover total de proteína corporal e na síntese muscular. O hGH também parece ser usado paralelamente com outras drogas que melhoram o desempenho, tendo um efeito, embora indireto, no anabolismo muscular e no desempenho atlético. Os efeitos colaterais relatados comumente para o abuso do hGH são: diabetes em indivíduos propensos; agravamento de doenças cardiovasculares; dor muscular, articular e óssea; hipertensão e deficiência cardíaca; crescimento anormal de órgãos; osteoartrite acelerada.

 

ANAVAR - OXYANDROLON

A atleta independente Megan Benzik foi banida por 4 anos após testar positivo para Anavar no início deste ano. Ela competiu na Regional Sul. Anavar é um dos esteróides anabolizantes orais mais populares de todos os tempos. Produzido pela primeira vez em 1964, Anavar era a marca da oxandrolona. Anavar tomado em altas doses necessárias para construir massa muscular magra pode levar à supressão natural da produção de testosterona, danos no fígado, ataques cardíacos e derrames.

 

ANASTROZOL

Turski, atleta de 56 anos do sul da Califórnia, que terminou em segundo na Divisão Masters Masculino 55-59 em 2017, testou positivo para o anastrozol. O anastrozol é usado com outros tratamentos, como cirurgia ou radiação, para tratar o câncer de mama precoce em mulheres que sofreram menopausa (mudança de vida; fim dos períodos menstruais mensais). Este medicamento também é usado em mulheres, que experimentaram a menopausa, como um primeiro tratamento do câncer de mama que se espalhou dentro do peito ou para outras áreas do corpo. Anastrozol combate e limita a quantidade de secreções de estrogênio no corpo, que por sua vez , maximiza os efeitos que a testosterona tem sobre o corpo.

 

LIGANDROL - LGD4033

Carlos Castillo, da Regional da América Latina, testou positivo para isso e também recebeu uma sanção de 4 anos. O LGD-4033 é SARM para o tratamento de condições como perda de massa muscular e osteoporose. O ligandrol funciona da mesma forma que outros SARMs: ativando seletivamente receptores androgênicos para promover atividade anabólica exclusivamente no músculo e no osso.

 

ADDERALL

O medicamento é uma droga combinada que contém quatro sais dos dois enantiômeros da anfetamina, um estimulante do sistema nervoso central (SNC) do grupo das fenetilamina. O Adderall é utilizado para tratar o distúrbio de hiperactividade com défice de atenção (ADHD) e a narcolepsia. Ele também é usado como um potenciador de desempenho atlético e potenciador cognitivo, e recreacionalmente como afrodisíaco e euforizante. Aumenta o estado de alerta, a agressividade, a atenção e a concentração. Melhora o tempo de reação, especialmente quando fatigado. Pode causar distúrbios do ritmo cardíaco e convulsões. Alguns usuários relataram sentimentos grandiosos e maior confiança também.

 

ERITROPOIETINA (ERYTHROPOIETIN)

A eritropoetina é um tipo de hormônio usado no tratamento da anemia em pessoas com doença renal grave. Aumenta a produção de glóbulos vermelhos e hemoglobina, resultando em melhor circulação de oxigênio para os músculos. A epoetina, uma forma sintética de eritropoietina, é comumente usada por atletas de endurance. O uso de eritropoetina entre ciclistas competitivos foi comum nos anos 90 e supostamente contribuiu para pelo menos 18 mortes. O uso inadequado da eritropoetina pode aumentar o risco de eventos trombóticos, como acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e embolia pulmonar.


O texto a seguir é de CrossFit Inc com tradução livre feita por nós do HugoCross:

APÊNDICE A: 2018 CROSSFIT TIPOS DE SUBSTÂNCIAS PROIBIDAS

EXEMPLOS DE SUBSTÂNCIAS PROIBIDAS EM CADA CLASSE DE MEDICAMENTOS:

  • Anabolizantes (às vezes listado como uma fórmula química, como 3,6,17-androstenetrione): boldenona; clembuterol; DHEA (7-Keto); nandrolona; estanozolol; testosterona; methasterona; androstenediona; norandrostenediona; methandienone; etiocolanolona, rembolona; tibolona; zeranol; etc

  • Street Drugs: heroína; cocaína

  • Diuréticos e outros agentes mascarantes: bumetanida; clorotiazida; desmopressina; furosemida; hidroclorotiazida; probenecide, espironolactona (canrenona); triamtereno; triclormetiazida; etc.

  • Hormônios e Análogos Peptídeos: hormônio do crescimento (hGH); gonadotrofina coriica humana (hCG); eritropoietina (EPO); fatores de crescimento e moduladores do fator de crescimento; etc.

  • Anti-Estrogênicos: anastrozol; tamoxifeno; formestane; 3,17-dioxo-etio-il-1,4,6-trieno (ATD); etc.

  • Agonistas beta-2: fenoterol; formoterol; salbutamol; salmeterol; etc.

CROSSFIT PROIBE AS SEGUINTES CLASSES DE DROGAS EM COMPETIÇÃO

  • Estimulantes

  • Narcóticos

  • Canabinóides

  • Glucocorticóides

EXEMPLOS DE SUBSTÂNCIAS PROIBIDAS EM CADA CLASSE DE DROGAS:

  • Estimulantes: 1,3-dimetilbutilamina; anfetamina (Adderall); cocaína; efedrina; fenfluramina (Fen); metanfetamina, metilfenidato (Ritalina); fentermina (Phen); sinefrina (“bitter orange”); metilhexaneamina; “Sais de banho” (mefedrona); etc. (Exceções: phenylephrine e pseudoefedrina não são proibidos.)

  • Narcóticos: buprenorfina; dextromoramida; metadona, morfina, oxicodona; etc.

  • Canabinóides: canabinóides naturais; cannabis, maconha; canabinóides sintéticos, e. Δ9-tetrahidrocanabinol (THC) e outroscannabimiméticos. (Exceções: canabidiol)

  • Glucocorticóides: Cortisona; Hidrocortisona; Prednisolona; Triancinolona;

 

TRATAMENTOS E PROCEDIMENTOS SUJEITOS A RESTRIÇÕES:

  • Doping sanguíneo

  • Infusões interventivas

  • Anestésicos locais (sob algumas condições)

  • Manipulação de amostras de urina

  • Cafeína se as concentrações na urina excederem 15 microgramas / ml

  • Dopagem de genes

ADVERTÊNCIA PARA SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS / DIETÉTICOS:

Antes de consumir qualquer suplemento nutricional / dietético, pesquise o produto e consulte um médico ou farmacêutico. Os suplementos dietéticos não são bem regulados e podem causar um resultado positivo no teste de drogas. Os atletas testaram positivo e receberam sanções pelo uso de suplementos alimentares contaminados, mesmo quando os rótulos alegam que o produto é seguro e compatível. Muitos suplementos alimentares estão contaminados com substâncias proibidas e não cotadas. Qualquer suplemento alimentar é tomado por sua conta e risco. É sua responsabilidade saber o que você está ingerindo. Consulte um farmacêutico ou médico antes de usar qualquer suplemento. Você é responsável pelo que coloca em seu corpo.

“O CrossFit Games é o mais importante teste de condicionamento físico do mundo. Para proteger a integridade da competição e seus atletas, a CrossFit trabalha duro para assegurar condições equitativas, em parte criando e aplicando as diretrizes descritas no Livro de Regras e, em parte, aplicando fortemente uma política antidoping - uma necessidade absoluta para coroar o/a “Fittest on Earth”.

A cada ano, a CrossFit Inc. expande seus esforços e métodos de teste. Varios atletas regionais foram punidos por violarem a Política de Testes de Drogas da CrossFit.

Os atletas que cometerem uma violação da Política de Testes de Drogas terão o direito de defender seu caso antes de quaisquer sanções serem impostas. Dentro de 72 horas após ser notificado de sua violação, o atleta deve fornecer uma notificação por escrito com sua intenção de enviar uma petição escrita de apelação referente à violação. Uma solicitação do atleta para qualquer documento pertinente (se necessário ou desejado) deve ser feita dentro deste aviso inicial por escrito e não em uma data posterior. Posteriormente, a partir do momento do recebimento de qualquer material fornecido pelo CrossFit, o atleta tem 10 dias úteis para enviar a petição por escrito de apelação explicando por que não estão violando a Política de Testes de Drogas. Após uma análise do recurso de apelação da atleta, a CrossFit responderá em tempo hábil para fornecer uma resposta por escrito de sua decisão, incluindo razões de apoio, para negar ou conceder a apelação. Se, após esta investigação, for constatado que o atleta está violando a Política de Testes de Drogas, a CrossFit continuará aplicando quaisquer sanções apropriadas. A CrossFit reconhece que algumas substâncias proibidas são usadas para fins médicos legítimos. Em casos raros, o CrossFit permite que uma Isenção de Uso Terapêutico (TUE) seja concedida aos atletas com histórico médico documentado que demonstre a necessidade do uso regular de tal medicamento.

A CrossFit adere aos padrões estabelecidos pela Associação Mundial Antidoping (WADA) e somente concederá uma TUE em estrita concordância com todos os detalhes de critérios da Política de Drogas. O uso de uma substância proibida para aumentar os níveis “normais baixos” de qualquer hormônio endógeno e o uso de substância anabólica não são considerados uma intervenção terapêutica aceitável.

A CrossFit é parceira da Drug Free Sport, que realiza análises de medicamentos para a NFL, NBA, MLB. e a NCAA, juntamente com 300 outras organizações esportivas, para administrar seu programa de testes. Um laboratório aprovado pela WADA processa amostras de sangue e urina coletadas dos atletas do CrossFit Games.

Texto original publicado pelo BoxRox

Brazil CrossFit Championship está dando mais detalhes do campeonato

Brazil CrossFit Championship está dando mais detalhes do campeonato

Mais 5 eventos sancionados pela CrossFit são anunciados

Mais 5 eventos sancionados pela CrossFit são anunciados