Prova 6 - Clean and Jerk Speed Ladder

Prova 6 - Clean and Jerk Speed Ladder

Foi uma quase repetição de 2014. Em 2014 os atletas tinham que fazer, em baterias e divididos em quartas de final, semi final e final uma escada de squat clean com diferentes pesos dependendo da fase que estavam. Esse ano ele incluiu o jerk e liberou o clean como quisesse. Sou fã desse tipo de evento, de verdade pois tudo pode acontecer. E não faltou emoção. Mas, antes, veja a prova:

3 rounds de clean and jerk, cada um com o peso maior

Homens 245-255-265-270-275 lb.
               280-290-300-305-310 lb.
               315-325-335-340-345 lb.

Mulheres 155-160-165-170-175 lb.
                180-185-190-195-200 lb.
                205-210-215-220-225 lb.

Os 20 mais rápidos do primeiro round iam para o segundo round e apenas os 5 mais rápidos iam para a final.

Mulheres

E foi aqui que a húngara Laura Horvath, que até então liderava, perdeu o primeiro lugar.Sem conseguir passar para as semi finais, ela amargou um 21o lugar nesse evento. E Tia-Clair Toomey aproveitou. Não apenas passou para a semifinal, mas passou para a final e terminou em segundo esse prova atrás apenas da estreante Amanda Barnhart. Em terceiro veio que esperávamos que fosse bem nessa prova, Kara Saunders (ano que vem não escreverei mais ex Kara Webb!!!!), que foi para a quarta colocação geral com esse resultado.

Mas as islandesas, Annie Thorisdottir e Katrin Davidsdottir estão por ali e se fazendo bem presentes. Annie ficou em 4o nessa prova e Katrin em 8o e elas ocupam a 3a e 5a colocação geral, respectivamente.A compatriota das duas Sara Sigmundsdottir se recuperou bem e com um 6o lugar nesse evento foi para a 8a colocação geral.

Homens

Quem diria que Mat Fraser não venceria essa prova? Ninguém. Mas com falhas na semi final na carga de 310 lbs, depois de umas quartas perfeitas, vez com que ele ficasse de fora da final, na sétima colocação. A sorte dele é que quem estava logo atrás, Lukas Hogberg e Cole Sager não foram muito bem com uma 11a e uma 33a colocação, respectivamente. 

Com uma 11a posição nessa prova Vellner subiu mais uma posição e tirou o terceiro do lugar de Cole Sager. Brent Fikowski  também subiu mais uma posição para a 5a geral no ranking após uma 8a colocação dessa prova. E quem ganhou? Um dos mais fortes da competição, Nick Urankar, que fez ele subir bem em posição.

Pablo Chalfun

Senta que lá vem polemica. Há quem diga que foi rep, há quem diga que foi no rep. Eu já revi o vídeos várias vezes de diferentes ângulos e já cheguei em conclusões diferentes. Mas esse no rep de fato foi dado a ele na carga de 275 lbs e o tirou das semi finais. Uma pena por que ele estava indo muito bem. Mas até  o headjudge dos Games Adrian Bozman falou com o Pablo depois indicando um no rep. Ele teve que ficar com a 33 terceira posição nessa prova.

Prova Rope and Yoke para os Teens e Master Brasileiros nos CrossFir Games

Prova Rope and Yoke para os Teens e Master Brasileiros nos CrossFir Games

Brasileiros no grupo de idade - Provas 4 e 5

Brasileiros no grupo de idade - Provas 4 e 5