Prova 9 - CHAOS

Prova 9 - CHAOS

Imagine fazer um WOD onde você não tem ideia de quais são os movimentos, quantas reps tem cada movimento e o que fará em seguida até o judge te orientar. Parece loucura, né? Mas essa se tornou uma das minhas provas favoritas esse ano. Com muita coisa que qualquer crossfitter faz.....mais ou menos. Veja a prova agora que os atletas fizeram:

CHAOS

35 / 30-cal. SkiErg
30 / 25 burpees to bar
45 / 40 single-arm OHS, 50 / 35-lb. DB
40 / 45 single-leg squats
25 box jump-overs, 42 / 36-in. box
110-ft. tumbler pull, 400 / 300 lb.

Mulheres

Annie Thorisdottir começou liderando essa prova seguida de perto de Katrin Davidsdottir. Mas no burpee ela já perdeu a liderança e com o tempo foi ficando para trás. Com uma 21a colocação nessa prova, Annie acabou caindo para a 5a colocação geral. Em particular quando chegou na caixa extremamente alta, muitas atletas acabaram passando Annie. Num post em seu Instagram, Annie descreveu que sentiu uma arritmia durante o box jump número 5 e duas vezes mais antes de finalizar. Por isso ela acabou ficando para trás! De acordo com ela, isso nunca aconteceu em competições, e acontece apenas 2-3 vezes ao ano.

Katrin depois que assumiu a liderança não parou mais.  Foi até o final da prova e garantiu 100 pontos e pulou portanto para a 3a colocação. Mas isso não adiantou muito para ficar perto da liderança, pois Tia-Clair Toomey ficou na terceira posição geral. Ela se afastou ainda mais da segunda colocada, Laura Horvath, que ficou em 8o nessa prova.

Quem ocupa a quarta colocação geral agora é Kara Saunders, que ficou em 10o nessa prova. Quem continua indo mal é Sara Sigmundsdottir que com uma 20a posição, ocupa agora a 11a colocação geral.

Homens

Khan Porter liderou essa prova até os box jump overs nas caixas absurdamente altas mas foi perdendo terreno. Em particular para Pat Vellner, que conquistou a sia primeira vitória em 2018 e segunda da carreira. Quem mais surpreendeu nessa prova foi Saxon Panchik. O irmão mais novo do veteraníssimo Scott Panchik  ficou com a segunda posição e ocupa agora a 16a colocação geral. 

Alex Anderson com um terceiro lugar nessa prova finalmente conquista uma boa colocação. Mas o ersultado mais importante foi de Lukas Hogberg. O segundo colocado na classificação geral ficou em 4o nesse evento, ão deixando o líder, Mat Fraser, que finalizou na nona posição, se distanciar muito.Brent Fikowski com a 10a colocação manteve seu terceiro lugar, logo à frente de Vellner que com a vitória chegou à quarta colocação.

Pablo Chalfun

Infelizmente o dia não tem sido bom para o brasileiro. Com a 38a colocação nezsse evento, a última, ele permanece na 38a posição no leaderboard. Contudo, acho que o evento da noite, o bicouplet vai ser um bom evento para o brasileiro que vai conquistar valiosos pontos.

Provas 10 e 11 - Bicouplet 2 e Bicouplet 1

Provas 10 e 11 - Bicouplet 2 e Bicouplet 1

Prova 8 - Madison Triplet

Prova 8 - Madison Triplet