A primeira semana dos online qualifiers do Brazil CrossFit Championship

A primeira semana dos online qualifiers do Brazil CrossFit Championship

E já se foi a primeira semana dos online qualifiers do Brazil CrossFit Championship, o evento que ocorrerá em Maio em São Paulo e dará uma vaga para um homem, uma mulher e um time irem aos CrossFit Games 2019. Os resultados são preliminares pois são os colocados pelos atletas e ainda não foram validados pela equipe. Mas já dá para ter uma noção ou outra do que teremos pela frente.

Atletas Brasileiros

Do lado masculino da competição, Guilherme Malheiros é o brasileiro mais bem posicionado na 7a colocação geral. Nós ainda temos Lucas da Rosa em 9o e Pedro Martins em 11o. Lembrando que 26 atletas se classificam para a etapa presencial. Logo, ainda temos na zona de classificação Anderon Primo na 16a posição (ele essa semana participa do CrossFit Fittest in Cape Town), Fábio Dechichi na 18a, Mateus Ferro na 25a e Kaique Lima na 26a posição geral. Não se espante com a ausência de alguns importantes nomes dessa lista, muitos atletas brasileiros optaram por fazer times, que veremos adiante.

Do lado feminino, temos um conjunto bem maior de brasileiras entre as 26 colocadas. Thatianne Freitas é a mais bem posicionada na 4a posição,. seguida pela nossa pequena notável Lari Cunha, na 5a colocação geral. Rachel Valoura se encontra na 6a, Marcella Alonso na 7a, Susana Etto na 9a posição, Anita Pravatti na 12a, Nathália Mencari na 14a, Carolina Long na 16a, Antonelli Nicole na 17a, Andreia Pinheiro na 19a, Tata Rebane na 24a e Isabela Correia Zago na 26a.

Essa classificação pode mudar muito por que muitos atletas brasileiros decidiram foram super times para tentar uma vaga nos CrossFit Games. Mas ainda não é claro se a prioridade é por time ou individual mesmo. Entre os times, Indomáveis, composto pelos atletas Pablo Chalfun, Vinicius Stoelben, Antonelli Nicole e Lari Cunha, ocupa a 2a posição. o time Team Vittoria More Reps - composto por Nathalia Vieira, Filemon Souza, Carlos Szigethy e Thatianne Freitas - está na 3a colocação geral. O time da CFP9, o CFP9 - Rio está na 6a posição e tem como elementos Thais Nunes, rachel Valoura, Paulo Henrique Marinho e Victos Marques. Dois times brasileiros estão empatados na 7a posição geral: Açai & Granola - composto por Anderon Primo, Nicolas Bidarte (esse é argentino), Luiza Dias e Anita Pravatti - e o time Team Southeast Brazil - formado por Fábio Dechichi, Lucas Almeida, Giullia Ciabotti e Danielle Nogueira. Finalizando os times brasileiros na zona de classificação temos o Team Fourmixx, formado por Amanda Bacetti, Murilo Moraco, Caetano Matalani e Susana Etto.

Estrangeiros que devemos prestar atenção

Alexandre Caron, que ocupa a primeira posição geral, participou dos CrossFit Games do ano passado, mas acabou se machucando na prova do CrossFit Total. O argentino Augustin Richelme, vem de dois regionais, mas nunca foi muito bem presencialmente. Griffin Roelle, que ocupa a terceira posição, esteve em dois regionais e um CrossFit Games, todos por times. Jacob Heppner tem 3 CrossFit Games na bagagem, mas não deve vir. Ele está fazendo todos os online qualifiers e dando dicas mas não se inscreve em nenhum. Kyle Cant, na sexta colocação, é um veterano de 6 regionais mas nenhum Games. Will Moorad, que está na 12a colocação, participou de 4 regionais e 1 Games em 2014. Norman Woodring foi o primeiro colocado nos online qualifiers do Wodapalooza e terminou a competição na 10a posição. Além disso ele já participou de 4 regionais. Por fim, ZA Anderson tem 3 regionais e um Games de 2013 na bagagem também. Isso sem contar os 4 convidados do Wodapalooza e os 2 extras que ainda não sabemos quem é e se aceitarão.

Do lado feminino, temos a argentina Melina Rodriguez liderando os qualifiers. Ela tem dois regionais e um Games pela Bigg em 2017. Ano passado ela ficou em 2o nos regionais da América Latina. A segunda colocada, Mekenzie Riley tem 6 regionais na bagagem e 3 Games sendo apenas um por equipe e dois individuais. A sétima colocada, Caroline Conners tem 3 regionais já disputados. Carissa Mueller, em 9o, disputou o CrossFit Games por equipes ano passado e ficou com a 4a colocação geral. Lea Schmidt já disputou 3 regionais e Carolyne Prevost é outra mega veterana em regionais e já disputou 5, sendo que ficou a uma posição da vaga para os Games ano passado.

O time na primeira colocação surpreende por não ter grandes estrelas, o TEAM CRSC. Talvez o maior nome seja Wes Piatt com 5 regionais e um Games individual em 2013. Kelly Clark é outra com 3 regionais nas costas, mas os outros membros Natalie Talbert e Connor Schmitz são desconhecidos de forma geral.

Lembrando que isso ainda pode mudar muito conforme os vídeos vão sendo analisados. O próprio leaderboard do Wodapalooza sofreu grandes mudanças conforme tudo era visto., É esperar para ver como vai ser com o Brazil CrossFit Championship.

Saíram os últimos WODs do online qualifier do Brazil CrossFit Championship

Saíram os últimos WODs do online qualifier do Brazil CrossFit Championship

Greg Glassman, fundador da CrossFit, fala sobre a política de transgêneros, a expansão do CrossFit na China e o novo regulamento do Games

Greg Glassman, fundador da CrossFit, fala sobre a política de transgêneros, a expansão do CrossFit na China e o novo regulamento do Games