Dicas de como melhorar seu desempenho na Assault Air Bike

Dicas de como melhorar seu desempenho na Assault Air Bike

A assault bike foi um invento maldito. Vamos todos começar concordando por aí. Contudo, é inegável o seu efeito sobre o condicionamento de uma pessoa. Além de deixá-la depois com as pernas bambas e imprestáveis. Mas se a dor é inevitável, como fazer para ela ser menos ruim?

Diversos atletas e boxes já atacaram esse problema, como Jared Edderton, Brent Fikowski e a Invictus, uma das boxes mais respeitadas no mundo. Nós testamos as dicas e, juntamente com os coches Salomão Lessa (@coachsamao) e Juan Velleda (@juanvelleda), da Armel CrossFit (@armelcrossfit), trazemos aqui para vocês o apanhado do melhor.

Primeiro: Arrume bem seu assento

Muitas pessoas não arrumam o assento da bike antes de começar a pedalar o que faz com que a performance seja ineficiente. Você deve arrumar a altura do assento de forma que se você colocar o pedal na parte mais baixa da bike, sua perna fique semi esticada quando estiver sentado.

Uma outra informação importante é que a distância do banco deve ser tal para quando você puxar o guidão com as mãos, esse não fique acima do seu joelho. O ideal seria traçar uma linha entre o seu joelho e sua mão e ver os dois apenas relando esta linha. Esse é um ajuste que poucas pessoas fazem e é muito importante também.

Segundo: Postura

Na afobação de ir rápido, as pessoas mexem muito com o tronco e a cabeça. Isso é desperdício de energia. Desnecessário. Uma postura ligeiramente curvada a frente, com o core ativado (como em tudo no Cross) e sem balançar muito de um lado ao outro é essencial.

Além disso, procurem nunca abaixar a sua cabeça. Olhe para frente e mantenha suas vias respiratórias livres para você respirar normalmente.

Terceiro: Respiração

Seu corpo pode se movimentar rápido. Mas sua respiração pode ser lenta e controlada (na medida do possível). Quem tem experiência em natação sabe que o corpo e a respiração não estão no mesmo ritmo. Quem nada no 4x1 dá 4 braçadas e uma respirada. Ou seja, você consegue desconectar os movimentos do corpo da sua respiração.

Quarto: Use as pernas

 Os braços ajudam? Ajudam. Mas seu foco numa bike deve ser pedalar. Usar as pernas que são grupos musculares maiores. Os braços acompanham, mas não devem ser o foco. Faça o teste de quantas calorias você consegue na bike usando apenas as pernas e depois usando apenas os braços. Pois é. Foque na perna.

Isso claro vai variar muito dependendo do exercício que vier em seguida. Se for um squat ou box jump, tem que tomar cuidado para não destruí-la completamente e não conseguir realizar o movimento.

Quinto: Dê tiros intervalados

Sim, a bike tem um funcionamento diferente do remo nesse caso para calorias. Dar um tiro muito forte seguido de um momento de pedalada mais lenta vai te ajudar por que a bike se mantém girando depois.

Além disso, uma outra vantagem é que a forma que a bike conta as calorias não é linear. Ela cresce quase que exponencialmente de forma que você consegue mais calorias a 90 rpm em 10 segundo do que 30 a 60 rpm. Teste e confira.

E agora? Pronto para enfrentar a Assault Bike?

Dicas de movimentos para o Open 2020

Dicas de movimentos para o Open 2020

O Open está chegando: como assistir o 20.1

O Open está chegando: como assistir o 20.1