Fikowski, Froning e todos que conseguiram a classificação para os CrossFit Games no último fim de semana

Fikowski, Froning e todos que conseguiram a classificação para os CrossFit Games no último fim de semana

Dois campeonatos sancionados pela CrossFit, o CrossFit Italian Showdown e o Asia crossFit Championship (ACC). dois campeonatos completamente diferentes entre si. O italiano é dividido em sete categorias e começa com mais de 1000 atletas com muitos cortados no primeiro dia. Por exemplo, no caso dos homens, 317 atletas começaram o primeiro dia e apenas 100 passaram para a segunda etapa. As mulheres começaram com 137 e passaram 60. No final do terceiro dia apenas os 5 melhores vão para o showdown. E nenhum time competiu. O da asia já mais tradicional, e foi com online qualifiers e os melhores atletas e times competindo pelo primeiro lugar.

No ACC, com 4 vitórias e 2 quintos lugares nos eventos, Brent Fikowski garantiu a sua vaga para os CrossFit Games sem deixar dúvidas. A norueguesa Kristin Holte levou a melhor na categoria feminina e ganhou o campeonato. Contudo, ela já tem a sua vaga garantida por ter sido a campeã nacional de seu país. Logo, o convite para disputar os Games vai para mais uma islandesa, Eik Gylfadottir. Ela já disputou dois CrossFit Games, um em 2016 por times e um em 2018 no individual onde terminou na 26a colocação geral. Do lado de times, o time do CrossFit mayheem, com Rich Froning, Chyna Cho, Dre Strohm e Tasia Percevecz ( única do time vencedor ano passado a estar de novo com Froning), teve como pior colocação o primeiro lugar. Sim, eles ganharam todas as provas. E olha que tinha dois times já classificados competindo, o time da Invictus que ganhou em Dubai e o time Project X que levou a vaga pelo Australia CrossFit Championship.

Já na competição italiana, apesar de terem terminado a primeira parte na primeira colocação geral, no final do terceiro dia não foi nem Noah Ohlsen e nem Stephanie Chung que ganharam o evento. No final do terceiro dia e após o showdown, quem subiu no lugar mais alto do pódio foram o russo Roman Khrenikov e a americana Erin Vandendriesschen, que garantiu sua primeira ida aos Games. Roman já havia se classificado pelo Dubai CrossFit Championship pela colocação obtida lá. Erin foi uma surpresa! Ela havia participado de dois regionais mas sem chegar perto da classificação. 

Noah Ohlsen terminou em terceiro geral e finalmente garantiu sua vaga aos Games, afinal o segundo colocado, Scott Panchik, já havia se classificado pelo Open.ainda está oficialmente fora dos CrossFit Games.

Foram divulgados os workouts do age group online qualifier

Foram divulgados os workouts do age group online qualifier

Creme detox de abóbora, couve e gengibre

Creme detox de abóbora, couve e gengibre