EM PRIMEIRA MÃO: Veja o que muda no  Livro de Regras da Temporada dos Reebok CrossFit Games 2020

EM PRIMEIRA MÃO: Veja o que muda no Livro de Regras da Temporada dos Reebok CrossFit Games 2020

Tivemos acesso ao novo Livro de Regras da temporada de 2020 dos Reebok CrossFit Games ontem mesmo. O livro será divulgado mais tarde no site do Reebok CrossFit Games. Mas adiantaremos aqui algumas mudanças importantes. Felizmente, ou infelizmente, o processo de classificação para os CrossFit Games foi mantido. (Atualizado: veja o livro de regras completo aqui: https://games.crossfit.com/rules )

Há ainda 4 formas de classificação para disputar a elite:

  • Sendo o campeão nacional pelo open do país de sua cidadania

  • Estando entre os top 20 do Open

  • Ganhando um evento sancionado

  • Recebendo um convite

Um dos problemas que traz esse novo formato para esse ano é o fato de já termos um número bem maior de eventos sancionados. Serão 28 contra 15 da temporada 2018/2019. Ou seja, o número de atletas esse ano será ainda maior do que no ano passado. Além disso, vai pulverizar muito mais o número de atletas de alto nível nos sancionados e eles podem perder brilho e prejudicar o evento, já que com pouco atleta com visibilidade, o público pode ficar compelido a não ir.

O método de classificação ainda segue a hierarquia do ano passado:

1) Primeiro são convidados os campeões nacionais. Sua vaga só passará para o segundo lugar se o atleta em questão se classificar como membro de um time em um evento sancionado e for competir nos Games com ele.

2) Depois são convidados os 20 primeiros do Open no mundo tanto no masculino quanto no feminino. Se um desses foi campeão nacional, a vaga vai para o próximo colocado (21o, 22o e por ai vai).

3) Por último são convidados os vencedores dos sancionado, os eventos sancionados pela CrossFit, como o Brazil CrossFit Championship. Se um deles se classificou por uma das duas possibilidades anteriores, o segundo colocado do sancionado é chamado. Se a pessoa ganhou mais de um sancionado, o segundo colocado do evento mais recente será convidado.

O convite pode ser feito diretamente a qualquer pessoa em qualquer instante de tempo. Ano passado 3 pessoas receberam o convite e apenas 2 compareceram: Hunter Mcintire (eliminado após a segunda prova) e Ben Smith (eliminado após o evento Mary). Craig Richey, famoso youtuber e atleta, foi convidado mas recusou.

A CrossFit ainda poderá pedir apenas um vídeo e, se assim desejar, os outros na análise dos resultados. A diferença na análise é que não há mais o número do que seria poucas “no reps” de muitas “no reps” para dar a penalidade pequena ou grande. A CrossFit terá a liberdade de ajustar os scores na penalidade pequena e ainda dará 15% de penalidade na grande. Se tiver um número exagerado de no reps, o vídeo pode ser considerado invalidado.

Haverá um leaderboard de afiliadas no site da CF esse ano. Qualquer afiliada com pelo menos um inscrito entra no leaderboard. Haverá diferentes filtros para se achar a colocação, como melhores atletas, ou média do box. E os melhores em cada categoria serão reconhecidas pela CrossFit.

E no caso de times?

Ai vale apenas ganhando um evento sancionado (não serão todos os eventos que terão times)e o time ainda deverá ser composto por 2 homens e 2 mulheres, não obrigatoriamente que treinam no mesmo box.

Uma vez que um time receba oficialmente seu convite da CrossFit, ele receberá alguns dias para enviar a lista de até seis atletas para o Games.  A lista incluirá os 4 atletas que ganharam o sancionado, e até 2 suplentes, 1 masculino e 1 feminino. Uma vez que a lista é submetida, a equipe só pode selecionar 4 desses seis atletas para montar sua equipe . Se um atleta que pertence a um time (seja o titular ou suplente) que ganhou um evento sancionado participar de outro evento com outro time, esse time não será elegível para receber o convite aos Games. Mas isso não impede de alguém já classificado pelo Open também entrar num time para ajudar a classificação e depois ser substituído.

Uma vez que a equipe tenha se registrado para os Games com os seus 4 atletas, se um deles desistir, a equipe não poderá fazer nenhuma outra alteração.

E se o membro da equipe também se classifica na categoria individual?

Se a equipe, sem este membro, ainda conseguir enviar 2 homens e 2 mulheres dentre os 6 nomes enviados à CF, eles ainda podem competir usando um dos substitutos. Se vários atletas em uma equipe decidirem competir como individuais, e a equipe não puder colocar em campo uma equipe completa de 4 atletas a partir da sua lista de inscritos, eles não poderão competir nos Games.

E o Open?

Você não é obrigado a competir no open a não ser que queira disputar uma vaga na elite. se você ganhar um evento sancionado o convite é feito mesmo sem você não tendo feito o Open. Mas as baterias nos games, assim como em 2019, serão estipuladas conforme a sua colocação no Open, ficando as pessoas melhores colocadas na última bateria.

Os 40 melhores do mundo na categoria masculina e feminina serão obrigados a enviar os vídeos justificando seus scores a cada semana do Open. Assim, a CrossFit vai manter um rigor ainda maior naqueles que estão com chances de classificação pelo quadro geral.

Os 40 melhores atletas individuais em todo o mundo e os 5 melhores indivíduos de cada país poderão ser solicitados a fornecer vídeos de um ou mais de seus eventos. Infelizmente, ainda não é dessa vez que todos os vídeos serão analisados pelo staff da CrossFit.  Mas haverá uma maior influência do público que analisa os vídeos online (ainda tem que passar pelo curso de judge da CrossFit).

Prova de cidadania para campeões nacionais será exigida após a abertura e antes de ser notificado sobre a classificação.

Os vídeos serão solicitados até 18 de Novembro e os atletas terão até 21 de Novembro para fazer a submissão. O resultado final sairá até o dia 16 de Dezembro. Essa é a primeira vz que as datas são definidas com essa antecedência.

Além disso, qualquer evento sancionado ou não, que tenha o direito ao uso da marca ou não, poderá usar o Open como um leaderboard oficial de classificação, Apesar de que o único considerado pela CF continua como sendo o de seu próprio site.

Categorias Master e Teens

 Não mudou em relação ao ano passado. Os atletas da faixa etária ainda competirão no Open por uma chance de competir no Age Group Qualifier Online , e a partir daí a chance de se classificar para o Games. Os 200 melhores atletas em cada divisão no Open ainda se qualificarão para o  Age Group Qualifier Online. O online qualifier ocorrerá de 12 a 16 de Março de 2020 e selecionará 10 atletas para disputarem os Reebok CrossFit Games 2020.

E sobre os Games?

Esquema de corte de atletas e a pontuação das provas só será revelado mais para frente, de acordo com o Livro de Regras. Conforme a competição se aproximar. E nenhuma data oficial ainda foi divulgada.


Brazil CrossFit Championship Online Qualifier tem sua inscrição aberta

Brazil CrossFit Championship Online Qualifier tem sua inscrição aberta

Big Wods, competição de CrossFit, doa mais de 42 mil reais

Big Wods, competição de CrossFit, doa mais de 42 mil reais