O exemplo da CrossFit

Compartilhe

No dia internacional da mulher, vale parabenizar a CrossFit por sempre pregar a igualdade de gêneros em suas competições. Desde a primeiro CrossFit Games em 2007, os prêmios individuais para os homens e mulheres são iguais, desde os U$ 500 dólares em 2007 até os U$ 285.000 dólares de 2017. Além disso, os times sempre tiveram os mesmos números de atletas homens e mulheres. Parece uma conduta óbvia, certo? Mas se você considerar que num ambiente de trabalho a diferença salarial de homem e mulher em alguns casos chega a ser injustificavelmente grande, essa diretriz de atuação empresarial da Crossfit é dígna de congratulações!

Além disso, esta igualdade se estende à parte esportiva também, pois a CF nunca facilitou nenhuma prova, a não ser pela carga exigida por motivos biológicos óbvios, por se tratar de homens ou mulheres. O que mostra a confiança que a CrossFit possui suas atletas mulheres.

Por fim, a CrossFit de alguma forma tem ajudado a quebrar o preconceito e o estigma depreciativo da mulher “forte”! Ela pode ser forte, independente, levantar peso, mantendo o charme e vaidade, enfim, ser o que ela quiser!

Nós do HugoCross desejamos a todas um Feliz dia Internacional das mulheres. E esperamos que essa igualdade de condições promovidas pela Crossfit irradie para todas as áreas da sociedade, e que esse tipo de discussão pela igualdade se torne apenas algo a ser lido em livros de história no futuro, pois será algo que não mais existirá.