Leaderboarding do 20.1

Leaderboarding é um verbo: significa olhar constantemente o leaderboard da CrossFit para ver os melhores e, obviamente, sua colocação. Claro, ao analisar a sua colocação, você vai vendo também ela despencar vertiginosamente conforme os atletas de verdade vão colocando os seus dados. Mas é sempre bom se manter atualizado a cada semana. Os donos de boxes tem até quarta-feira às 21 horas para validar, então pode ser que surja uma pessoa do nada a qualquer momento.

Brasil

No caso do Brasil temos um empate no masculino. Felipe Romaguera e Anderon Primo empataram com o tempo de 10:13 e estão agora na liderança. Vítor Caetano vem em seguida com o tempo de 10:18 seguido de Gui Malheiros, nosso representante nos Games 2019. Pablo Chalfun, que disputou os Games em 2018, perdeu o prazo da CrossFit e está fora da disputa.

No caso feminino, duas atletas conseguiram fechar abaixo de 10:00. Lari Cunha fechou com o tempo de 09:18 e Antonelli Nicole em 09:38. As duas sofreram no 19.1 por causa da estatura e agora lideram o leaderboard. Em 3o temos Thais Nunes com o tempo de 10:31.

Há ainda diversos atletas nas outras categorias por enquanto se classificando para o online qualifier em Março do ano que vem. Vale lembrar que eles só precisam estar entre os 200 melhores. Então nem todos darão o absoluto máximo agora.

Mundo

No mundo quem lidera do lado feminino é a irlandesa Emma Macquaid. Ela foi a única a fazer abaixo de 8 minutos e disponibilizou seu vídeo para análise da CrossFit. Qualquer um pode entrar e ver. Atrás dela vem Samantha Briggs, com o tempo de 08:01 e Sara Sigmundsdottir com o tempo de 08:11. sara foi a campeã do Open em 2019. Tia Clair-Toomey ocupa a 12a colocação geral com o tempo de 08:34.

Do lado masculino, Majid Boulmane inseriu o tempo de 04:18. O que deve ser um erro e provavelmente será corrigido. Assim o primeiro lugar seria de Lefteris Theofanidis, o grego que ano passado terminou na 4a colocação geral no Open. Ele foi ao Games como representante grego e não passou da segunda prova. Cedric Lapointe e Bjorgvin Karl Gundmundsson estão empatados na terceira colocação com o tempo de 08:16. O campeão dos Games e do Open em 2019, Mathew Fraser, ocupa atualmente a 10a colocação geral com o tempo de 08:28.