Previsões e “chutes” para o BCC: Times

Compartilhe

Vamos para a última categoria do Brazil CrossFit Championship: times! E o Brasil tem 10 times entre os 16 que competirão nesse evento. Contudo, não há ninguém aqui com vaga garantida, então podem apostar em uma decisão acirrada por que todos estarão disputando uma vaga para os CrossFit Games 2020. Guilhermo Gulin e eu nos debruçamos nos dados para trazer a melhor informação possível para vocês.


Nesse caso, o favorito talvez seja o time convidado pelo evento: Invictus Brazil. Esse time é composto pelas mulheres Jenn Ryan e Tammy Wildogoose que disputaram os Games juntas por times em 2017 e 2018, exatamente pela Invictus. Jenn ainda tem mais uma participação nos Games na categoria Master 35-39. Entre os homens, apesar de Grant Belsrose não ter experiência nos Games, JP Hethcock, o outro membro da equipe, disputou os Games de 2019 no individual após ganhar a vaga pelo Mid Atlantic CrossFit Championship. Detalhe, ele apenas disputou esse sancionado ano passado por que alguém desistiu e ele foi chamado na semana anterior ao evento.


Entre os outros que disputam a vaga, os times Taranis Lifetree (composto por Steve Howell, Caleb Woiwood, Caileigh McDade e Christina Seeley) e o Training Think Tank (composto por Alye Deroma, Jeremiah Brewster, Joey Szwec e Breona Walli) podem dar trabalho. Não só por eles terem ficado com a segunda e terceira colocação nos online qualifiers, respectivamente. Mas também, por que 3 dos 4 atletas do Taranis disputaram os regionais de 2018 por times chegando muito perto da classificação, além de dois atletas já terem disputado os Games alguma vez. O time Think Tank também tem atletas que já disputaram nos regionais no mesmo time. Por incrível que pareça, contudo, o time vencedor dos online qualifiers foi o francês Happy Hearts, que não tem nenhum nome forte e que, no máximo, seus atletas disputaram apenas 1 regional).


Entre os times brasileiros, dois em particular podem dar bastante trabalho e quem sabe, por que não roubar a vaga? O time da CFP9 vem com quase que a mesma formação dos Regionais lá de 2018 e BCC de 2019, onde obtiveram um 4º e um 8º lugar geral, respectivamente. O time é formado por Paulo Henrique Marinho, Victor Marques, Rachel Valoura e Nathália Diniz que entrou no lugar de Thais Nunes. Mas não são apenas eles que treinam juntos há tanto tempo, tem também o time da CrossFit Barueri, formada por Dani Coelho, Bruna Allemany, Felipe de Roza e Luiz Felipe Bombacini. Eles vêm treinando juntos há muito tempo e disputaram o BCC ano passado por times ficando na 13ª colocação geral. Mas desde então eles ganharam o TCB 2019 por times, ganharam o weekend wars (que lhes garantiu a vaga ao BCC) e estão juntos novamente para a disputa pela vaga.

E ai? Quem será que leva essa?