O depoimento de um dono de box durante a quarentena (COVID-19)

Compartilhe

Somos apaixonados pelo CrossFit, mas como não somos proprietários de um box, seria impossível passar um relato sobre o que os donos estão vivendo no momento. Logo, pedi para o Luis Sertori (@luissertori), um dos sócios da @armelcrossfit, para escrever um depoimento de como é ser empresário de crossfit nesse difícil momento. É um relato de um dono, mas que poderia ser de muitos dos que nos seguem. Veja a seguir:

“Sempre fui aquela criança que precisava estar com amigos, família e quem mais aparecesse para bater uma bola, jogar tênis de mesa, taco… Todos aqueles momentos eram divertidos, alegres e que me faziam muito bem. Na época nem tinha consciência disso mas estava cuidando da minha mente, meu corpo e das minhas relações pessoais.

Com o passar dos anos fui estudando tudo o que existia sobre negócios esportivos com o objetivo de eternizar aquele espírito e clima que o esporte me gerava com as pessoas. Trabalhei por 15 anos nesse mundo, aprendi muito e errei mais ainda.

Estava entrando em um momento aonde via que o propósito era o lucro usando o esporte e não o esporte gerando lucro.

Você pode chamar de destino, sorte, coincidência… Eu chamo de manter amigos próximos e estar aberto a novas amizades. Mas no dia em que o Renan (@renanokamoto) me chamou para conversar sobre uma ideia que ele e seu amigo de infância (Rodrigo – @blackout_suplementos) estavam bolando eu voltei a acreditar no esporte como fator de mudança, felicidade, amizade e qualidade de vida e etc… não apenas em algo que poderia gerar dinheiro.

E com esse espírito nos unimos a muitos amigos, que também acreditavam nesse propósito, para compor toda as relações que englobariam o nosso negócio. Desde criação do logo, materiais de treino, projeto de obra até as pessoas mais frequentes como os coaches e os nossos atletas. A gente acorda todo dia querendo agradar toda essa galera, e ver que a grande maioria está feliz com isso nos faz acreditar cada vez mais naquele propósito.

Hoje o momento é MUITO complicado. A quarentena veio e veio com TUDO. Estávamos esperando? Não. Estávamos preparados? Não. Mas quem tem amigos tem tudo! Então como bons amigos, Eu, Renan e Rodrigo conversamos sobre o que está acontecendo, o que virá na sequência e o que deveríamos fazer agora, nesse exato momento.

E o mais irado é que a conversa começou não pelas dificuldades financerias, nem pela provável perda de alunos e receita, mas sim em como faríamos para que os nossxs amigxs se mantivessem saudáveis e ativxs. Em como nós como Ärmel e disseminadores da qualidade de vida e diversão iriamos impactar a vida da nossa família positivamente.

Depois dessa conversa falamos com o nosso time de colaboradores e garantimos que ninguém seria afetado financeiramente pela crise. Que todos poderiam ter tranquilidade para trabalharem seguindo o objetivo principal da empresa, fazer nossos alunos felizes e saudáveis.

Desde então seguimos com algumas ações que acreditamos serem necessárias para o atual momento:

  • Engajamento, engajamento e mais engajamento.
  • Vídeos diários com o treino do dia para que as pessoas possam fazer a hora que quiserem.
  • Aulas ao vivo em 3 horários para que exista interação entre as pessoas e os coaches possam corrigir individualmente os movimentos dos alunos.
  • Fizemos upgrade do zoom (ferramenta de comunicação) para melhorarmos a qualidade das aulas ao vivo.
  • Retomamos a nossa aula de
  • Competição e com a criatividade dos Coaches sanamos problemas de cargas e pesos.
  • Dia 30, próxima segunda-feira, retomaremos nossas aulas de mobilidade.
  • Abrimos a comunidade Ärmel para TODAS as pessoas que queiram participar. Seja aquela amiga que foi morar na Europa ou o seu primo que vive no Canadá. Sem custo algum. O momento é disseminar o esporte e manter pessoas saudáveis.

Porém como todo negócio, precisamos ser financeiramente saudáveis. Fazer caixa é de longe o objetivo agora. Mas queremos e precisamos sobreviver para que depois da crise possamos dar continuidade ao trabalho de mais de 3 anos. Para isso:

  • Estamos negociando com o nosso locatário.
  • Conversando com bancos e outras instituições financeiras para analisarmos empréstimos e taxas de juros.
  • Buscando parceiros que entendem o momento e queiram ajudar.

Nesse último ponto (parceiros) gostaria de falar sobre o Gympass (leia aqui a matéria sobre as mudanças do gympass) que está fazendo um esforço para desenvolver ferramentas auxiliares para as academias. Ainda é algo não tão claro para nós porém estamos ansiosos por algo que reforce a nossa comunidade, auxiliando e incentivando a prática esportiva da comunidade.

Por fim e usando a palavra COMUNIDADE, queria agradecer aos nossxs atletas e coaches. Vocês fazem o dia-a-dia de vocês mesmos, a Ärmel apenas centraliza a energia que vocês geram. Vocês são a COMUNIDADE CROSSFIT. E todos nós temos a obrigatoriedade de fazer essa comunidade crescer, integrando mais pessoas e fazendo o esporte ser maior do que já é…

Muito obrigado e nos vemos nas nossas aulas ao vivo!
We are all athletes
Luis Sertori