Masters brasileiros criam movimento para valorização da categoria

Compartilhe

Você já ouviu falar de Shawn Ramirez (@shawn_theram )? E de Susan Clarke? Provavelmente, a maioria aqui vai responder que não. E isso, infelizmente, é compreensível dado o cenário atual. Agora, se eu perguntar quem é Rich Froning…você sabe responder? E Mat Fraser? Aí as chances são imensas da sua resposta ser um “sim”, né? (Se for não você tem que acompanhar mais o HugoCross). Pois bem…todos esses 4 atletas já ganharam os CrossFit Games  4 vezes. Mas Shawn Ramirez e Susan Clarke são atletas masters, enquanto Froning e Fraser são de elite. Talvez, a única atleta master no cenário internacional que você deva conhecer mesmo é Sam Briggs, mas por que ela ainda atua na elite.

Lamentavelmente temos que reconhecer a falta de atenção aos atletas masters devido ao foco, quase que 100%, em cima da categoria elite. E, sejamos sinceros, fazer o que esses atletas fazem conforme a idade aumenta é, de certa forma, muito mais desafiador. O corpo de um atleta master não se recupera e nem responde da mesma forma que um atleta mais jovem. Mas isso não os impede de levantar cargas altas ou realizar movimentos complexos como handstand walk ou muscle up.

Se você analisa o cenário nacional, o desconhecimento tende a ser ainda maior sobre os masters do Brasil. Talvez você conheça o Lupa (@lupa_40), pela popularidade. Ou atualmente os que representaram o Brasil nos Games, Léo Lima (@leonardowl) e Susana Etto (@susanaettocf). Mas há tantos e tantos atletas masters no Brasil com tão pouca visibilidade. E não me refiro apenas aos atletas. Há muitos praticantes masters no cenário nacional que podem se sentir subrepresentados. Não recebem espaço nem para, às vezes, mostrar seu fitness.

É com o propósito de divulgar mais esses atletas que 7 membros dessa categoria se uniram para tentar pôr em prática a realização de um campeonato centrado apenas nos masters. A primeira medida já foi tomada e a conta no Instagram (@masterdobrasil), criada por:  Rodrigo Magno (@rodrigomagnocf), Junior Carvalho (@juniorcarvalhocf), Junior Cupello (@junior_cupello), Jorge Goston (@jorgegoston), Marcos Bonatto (@bonattocrossfit),  Cristiano Perdigão (@cristiano_perdigao), Alessandro Vieira (@ale_1coach), já está ativa.

A ideia do projeto é, também, conhecer quem são e onde estão os atletas/praticantes masters no país. Com isso, o grupo pretende trazer informações mais voltadas ao público específico e, por vezes, desvalorizado em campeonatos pelo país e no mundo. Afinal, em 2019 nem o CrossFit Games transmitiram mais a categoria.

Portanto, se você é um atleta master, ou apenas alguém com mais de 35 anos que pratica CF (como são todos os Hugos), que tal privilegiar o movimento e ainda preencher o formulário a seguir?

https://forms.gle/pp2LEyWTKMPZ2mot6