Open volta a Fevereiro, sancionados permanecem

Compartilhe

Ontem, 19/08/2020, ocorreu a primeira “CrossFit Community Townhall”, uma sessão de perguntas feitas pelos afiliados e respondidas pelo novo CEO da CrossFit, Eric Roza. Para fazer as perguntas ninguém menos que Nicole Carrol, que chegou a pedir demissão no auge dos escândalos envolvendo a CrossFit.

Em um dos pontos tratados, de maior curiosidade para o público, foi dito que o Open só voltará em 2021, em fevereiro e março[SS1] . O motivo disso é que houve uma grande demanda entre os atletas que solicitaram essa mudança. Ele diz entender que isso complica o calendário de alguns eventos, e que é simpático a isso, mas que os pedidos foram muitos para que essa mudança ocorra.

Contudo, em relação aos regionais, Eric menciona que a tendência é que se mantenha mesmo os eventos sancionados, até porque não parece haver um consenso sobre o melhor modelo. Assim como as afiliadas, de acordo com Eric, é interessante que esses campeonatos sejam desenvolvidos por parceiros, cada um com a sua “personalidade”. Ele chama atenção que haverá uma maior parceria e integração tanto com os atletas quanto com os organizadores dos eventos.

Quanto ao Games, ele já disse que apesar de não haver uma data determinada, ele disse que provavelmente será numa data mais avançada no ano do que é geralmente (fim de julho, ínicio de agosto). Isso porque ele quer o maior número de pessoas possível participando e uma plateia assistindo.

Por fim, ele tem um objetivo. Em 2021 ele quer que o open tenha 500 mil participantes. E ai? Será que ele consegue?

Enable Notifications    Ok No thanks