Destaques positivos e negativos após os eventos 1 e 2

Compartilhe

Os resultados do evento 1 e 2 foram divulgados pela CrossFit e adivinha? Matthew Fraser e Tia-Clair Toomey estão dominando até o momento. Nada de novo nesse mundão, não é mesmo? Não no topo pelo menos. Por que muita coisa não está indo como a gente esperava não.

Vamos divulgar os destaques, positivos e negativos, dessa primeira parte do CrossFit Games 2020.

Pontos positivos:

Masculino –

  1. Fraser, há que tudo indica, manterá sua soberania garantindo um primeiro lugar no evento 1 (45 segundos à frente do segundo colocado) e quarto lugar no evento 2;
  2. Griffin Roelle venceu o evento 2 (1 RM de front squat) com incríveis 490lbs;
  3. Noah manteve seu bom rendimento na ginástica e garantiu a 2 colocação no evento 1;
  4. Bayden Brown garantiu a 2 colocado após o fim das duas provas fazendo o que poucos conseguem: mantendo a regularidade (3 colocado no primeiro e 6 colocado no segundo evento);
  5. Justin Medeiros estreou bem no seu 1o Games na 4 colocação e vem sendo uma surpresa para muitos.

Feminino –

  1. Tia Clair simplesmente venceu as duas provas e manteve a regularidade já conhecida;
  2. Kara Saunders manteve o seu forte desempenho até o momento com a segunda colocação ( 2 lugar na primeira prova e terceira no segundo evento) mesmo pouco tempo após ter tido seu primeiro filho;
  3. Muito duvidavam, mas até o momento Brooke Wells se garante na 5 colocação com um belo 3 lugar no evento 1;
  4. A nova Kristine Best impressionou à todos com um 4o e um 7o lugar nos dois primeiros eventos, ocupando a 3a colocação geral;
  5. A Argentina Melina Rodriguez não era a aposta da maioria, mas entrou pra briga de igual para igual. Ocupa um 6 lugar ao fim do evento 2 e vem firme para buscar a vaga.

Pontos negativos:

Masculino –

  1. Patrick Vellner, sempre muito destacado nos eventos, decepciona até o momento e aparece apenas na 21 colocação geral;
  2. Não muito diferente de Vellner, mas já sem a mesma moral, Fikowski não conseguiu uma colocação melhor que o 27 lugar após o fim do evento 2;
  3. BKG, o jovem islandês promissor, aparece em 9 lugar. Ainda há muito campeonato pela frente, mas esperava-se mais;
  4. Jacob Heppner não foi bem no evento 2 e perdeu posições após a 25 colocação (Heppner está em 14 lugar);
  5. Saxon Panchik carrega muito peso sobre seus ombros devido ao sobrenome, mas até o momento não brilhou. 25 lugar para o atleta.

Feminino –

  1. Samantha Briggs ainda não conseguiu embalar na competição é amarga um 24 lugar até o momento;
  2. Da mesma forma que Briggs, Laura Horvarth só conseguiu a 19 colocação (isso porque o terror da atleta -HSPU- ainda estão por vir);
  3. A exímia ginasta Kari Pearce não brilhou no evento 1 (10 colocação) e com a má colocação na segunda prova (22 lugar) está apenas em 15;
  4. Amanda Barnhart, sempre muito consistente, não manteve o ritmo e fechou o evento 1 apenas na 22 colocação;
  5. Sara Sigmundsdottir também não vem apresentando um resultado nada satisfatório e aparece, apenas, na 26 colocação.

Apesar das surpresas e frustrações, essa foi apenas a primeira parte do CrossFit Games 2020 e muita coisa ainda vai acontecer! Para quem vai sua aposta?

Enable Notifications    Ok No thanks