Adidas está vendendo a Reebok

Compartilhe

É isso mesmo que você leu. A Adidas, que havia comprado a Reebok em 2006 por $3.8 bilhões de dólares, está negociando a venda da subsidiária. De acordo com a revista alemã, Manager Magazin, a Reebok já vem sofrendo mesmo depois de toda a reestruturação que a empresa passou, que incluiu uma marca nova e que muitos crossfiteiros associam diretamente ao CrossFit devido aos anos de patrocínio da Reebok aos CrossFit Games.

A parceria da CrossFit com a Reebok durou mais de uma década e além dos Games a Reebok patrocina diversos atletas de ponta como Rich Froning, Patrick Vellner e Haley Adams.

Principais pontos

  • O objetivo da Adidas é concretizar a venda até Março de 2021, de acordo com a revista alemã.
  • A ideia do CEO da Adidas, Kasper Rorsted, era de vender a Reebok por €2 bilhões de euros, antes da pandemia, mas acredita-se que o valor da venda tenha sido menor que esse devido ao cenário atual
  • De acordo com a Manager Magazin os interessados em comprar a Reebok incluem VF Corp., dona das marcas Timberland e North Face, e um grupo chinês chamado Anta International Group Holdings.
  • As ações da adidas subiram 3.2% logo após o divulgação da notícia da venda
  • O porta voz da Adidas disse a jornalistas da Bloomberg que não rumores de mercado

Breve história

A Reebok é sediada em Boston-headquartered Reebok e era a 3a maior marca esportiva antes de ser comprada pela adidas em 2006 por $3.8 bilhões de dólares. A Adidas comprou a Reebok para concorrer com os sua principal rival americana e líder de de mercado a Nike. Porem a queda nas vendas nos últimos anos tem feito com que investidores demandem cada vez mais que a Adidas venda a marca.

Enable Notifications    OK No thanks