Destaques das categorias de teens, master e times no TCB 4 All

Compartilhe

A fase final do TCB 4 All ocorrerá nesse final de semana com a presença de 5 atletas (ou times) em cada categoria. Com um pequeno detalhe aqui, apenas o primeiro colocado de cada categoria levará a premiação em dinheiro! E como são apenas 2 dias e menos provas, não se pode cometer nenhum erro. Uma prova ruim pode ser suficiente! E se tiver com preguiça de ler basta acessar o vídeo no nosso youtube!

Categoria Teen

Entre os meninos, o grande nome é Tatá Rebane. Sim, nós sabemos que ela é mulher e master mas ao mesmo tempo ela é a treinadora de 2 dos cinco atletas classificados. O favorito e classificado aos Games desse ano é Luiz Henrique Alves Moreira que tem apenas 146 kgs de clean e jerk e 130 kgs de snatch. Mas o outro atleta da Tata, Pedro Henrique Greco também tem a impressionante marca de 140 kgs de C&J. Tirando Alves Moreria, o outro único experiente de TCB é Victor Amancio que não fica tão atrás com impressionantes 125 kgs de C&J e 102 kgs de snatch.

Entre as meninas, a grande campeã do ano passado Bia Clemente e classificada para os Games 2020 está de volta. Mas o pódio todo está de volta com Maria Livia Nascimento e Carolyne Silva segunda e terceira colocada, respectivamente. Mas quem ganhou a fase online foi a também classificada aos Games na cat 14-15 anos, Laís Telles.

Master 35-39

Nem entre os homens nem entre as mulheres, o pódio do ano passado se fez presente. Entre as mulheres a disputa deve ficar entre as experientes Elluar Gomes, que se classificou para a elite mas optou pelo master, e Dani Nogueira, com vários TCBs na bagagem. As duas farão a sua estreia na categoria master esse ano.

Entre os homens temos João Neto com bastante experiência que vai competir com seu atlweta Dario Péricles. Além deles e fazendo sua estreia comomaster depois de muitos anos na elite tem o Robson Graciano da Silva. Essa categria promete ser bem acirrada.

Master 40-44

Entre os homens uma disputa entre dois grandes atletas promete. Tiago Lopes que ganhou o primeiro TCB em 2010 e foi campeão master em 2018, além de já ter disputado um CrossFit Games vai ter pela frente Clayton de Melo Silva, que estreia nessa categoria. Detalhe que Clayton aos 39 anos ganhou a disputada categoria 35-39 anos em 2019.

Entre as mulheres, podemos teer um bom embate entre Carolina Gutierrez, campeã dessa categoria em 2018 e Ana Cláudia Cabral, que ficou em quarto lugar no ano passado.

Master 45-49

Arianne Alvez Ferreira de 49 anos é a favorita nessa categoria. Afinal de contas ela já disputou 3 vezes de 2017-2019, tendo ficado em quarto lugar em 2017 e 2018.

Luiz Renato Oliveira, o Lupa, é o único homem que subiu no pódio no ano passado e que vai competir esse ano. E mais, ele ficou na primeira colocação ano passado eo primeiro da elite lá atrás em 2011. Então vai ser difícil bate-lo. Destaque também para Marcelo Pezzin no seu segundo TCB e pai de ninguém menos que Vítor Caetano.

Master 50+

Nesse ano, Léo Lima, que já foi aos Games 2 vezes no auge dos seus 53 anos também já ganhou o TCB em 2017 e 2018 é imbatível. Se já o era na categoria 45+, agora a disputa vai ser com certeza pelo segundo lugar. Vale salientar a presença de Luiz Lenda, da CrosFit Tróia, o mais velho da competição com 54 anos.

Entre as mulheres a única com experiência em TCB é a Patrícia de Almeida Souza que irá disputar com outras duas estreantes. A certeza portanto é que pódio todas vão pegar.

Times

O time a ser batido aqui é o time da CrossFit Blacksheep, com Tatá Rebane, Caetano Matalani, Tato Outor e Lumma Silva. Esse time, trocando a Lumma pela Gabi Moratti foi muito bem no Brazil CrossFit Championship e treinam juntos, então tudo para ir muito bem. Além disso os dois homens, Matalani e Outor estão entre os mais forte no LPO do país com 170 kgs de cleand e jerk e 140/150kgs de snatch, respectivamente. Vale lembrar que eles não estão sozinho, Lumma Silva recusou o convite para ir no individual apesar de ter sido classificada, e Tata Rebane traz a experiência de diversos regionais, 3 vezes pódio TCB e uma garra invejável.

Claro que tem outros times muito bons e trabalham bem juntos como o da Tyranno, da Tempo SA ou da CrossFit SP. Mas eles vão ter que lutar muito para superar os grandes favoritos!

Enable Notifications    OK No thanks