Entrevistamos Eric Roza, CEO da CrossFit Inc.

Compartilhe

No dia 4 de dezembro, a Hugo Cross teve o prazer de conversar com Eric Roza, CEO da CrossFit, e entender sobre todas as mudanças e planejamentos feitos por ele e sua equipe daqui pra frente. De forma muito simpática, Eric Roza tirou as dúvidas de muitos brasileiros sobre o futuro do nosso amado esporte e falou sobre questões como inclusão e diversidade no CrossFit.

Veja a entrevista completa com legenda em português direto do nosso youtube:

Diversidade no CrossFit

Segundo ele, a ideia é cada vez mais escutar opiniões de fora para agregar na evolução do esporte. Além disso, Eric planeja realizar o maior CrossFit Open da história, com cerca de 500 mil pessoas participando e dentre as ações, está contando com a ajuda da “The OUT foundation“.

“Ainda ontem por email, eu estava conversando com o “The OUT foundation” para ter certeza que nós temos nossas informações para que eles possam ajudar na representação dos placares de diferentes gêneros, identidade de gêneros e preferências e nós também estamos trabalhando na questão de paratletas e estamos criando novas categorias de paratletas”

Eric Roza

Planos para o Brasil

Ao ser perguntado sobre qual seu plano para ajudar os brasileiros com os custos de filiação, seminários e taxas do Open, tendo em vista a desvalorização da nossa moeda, Roza demonstrou a grande importância que o Brasil tem para o mundo do CrossFit.

“A questão do próprio Open as taxas de inscrição que, sabe, é interessante, porque se você está nos EUA, como o Ricardo está, nós temos até muitas pessoas de faculdade e alunos do ensino médio. 20 dólares é tipo, “vamos lá, 20 dólares né?”. Se você olhar por um ângulo dos EUA parece algo com que você não deveria ter que se preocupar, mas se você olhar por um ângulo global e deixar de lado até o Brasil, mas for à África subsaariana onde há pessoas fazendo CrossFit ou até mesmo se for no vizinho ao Brasil, na Argentina, e a desvalorização da moeda que eles tiveram ao longo dos anos. Eu vou te dizer que não tenho nada para anuncia nesse momento, mas eu acho que é provável que no Open, em alguns mercados, e eu acho que o Brasil deve ser um deles, nós faremos algumas alterações no valor do Open. Eu também acho que você verá mudanças na questão da filiação novamente, tanto na condição de pagamento em alguns mercados, eu acho que o Brasil estaria no topo da lista, na condição de pagar mensalmente e, com sorte também, fazer algumas coisas. Estamos trabalhando na infraestrutura dos pagamentos, um dos desafios com o Open é com a tecnologia”

Eric Roza

Após receber bastantes elogios devido a excelente forma de transmissão do CrossFit Games 2020, o CEO disse que a pretenção é manter um nível alto nas transmissões. Eric acredita que os eventos no geral motivam as pessoas, tornam um atrativo para novos praticantes e pretendem investir em outras competições.

“Se nós fizermos tudo certo, o Games será uma enorme vantagem para, acho que para todos os filiados e todos os membros. Você estão vendo algumas coisas acontecerem por causa do COVID, sinceramente, mas a fase 1 do Games, que teve coisas muito positivas. Foi difícil, eu não sinto que nós nos demos muito bem com a cobertura da mídia. Foi díficil, foi a primeira vez, mas o teste foi ótimo. Estou interessando em saber que outras competições nós podemos patrocinar ao longo do ano?”.

Eric Roza

Com viagem programada para o Brasil, em Março de 2021, Eric esclareceu a importância de se mostrar presente em todas as partes do mundo.

“É tão importante para mim ver o Brasil e ver a cultura maravilhosa do Brasil. É tão importante que eu vá a um monte de boxes e treine com as pessoas, o que eu só fiz algumas poucas vezes desde que assumi o trabalho, mesmo nos EUA. Então, é por isso que eu estou fazendo isso, certo? Então, é tão importante para mim enviar um sinal para o mundo todo de que nós estamos aqui, sabe? Novamente, eu venho como alguém que teve dupla cidadania a vida toda, dos EUA e da França e passou 4 anos na Europa, viajou 60 países. Uma vez que superemos a COVID, pretendo mostrar para todo mundo como irei usar meu tempo”.

Eric Roza

As palavras são, definitivamente, empolgantes. Eric Roza demonstra o espírito e a união que nós, praticantes de CrossFit, tanto desejamos. Só podemos deixar o nosso “boa sorte” para ele e que, junto com sua equipe, consiga realizar um grande trabalho para nossa comunidade.

Subscribe for notification