Como foram os atletas adaptados brasileiros no 1o Open da CrossFit para a categoria?

Compartilhe

Esse ano foi a primeira vez que a CrossFit incluiu categorias de atleta adaptados. Foram 16 categorias ao todo (incluindo a separação de homens e mulheres) com subcategorias em cada uma delas. Ao todo, 1176 atletas no mundo se inscrevem em uma dessas categorias sendo 67 brasileiros e brasileiras. Ainda não houve um anúncio oficial da CrossFit sobre se haverá uma próxima etapa, seja ela uma final presencial ou online.  Como já havia dito em artigos anteriores, creio que esse foi um importante primeiro passo para verificar a massa crítica e estimular a participação da categoria para tomar ações nos próximos anos.

E exatamente como ainda não há uma resposta oficial da CrossFit que fazemos questão aqui que parabenizar todos os atletas brasileiros que disputaram em cada uma das categorias. Em apenas duas delas não tivemos um representante nacional e em outras duas a pessoa inscrita não realizou nenhum dos treinos. Lembrando que fomos pegos aqui quase no auge da pandemia (que chegou um pouco depois), o que pode ter complicado a performance de muitos. Mas dos que participaram, tivemos 12 atletas no top 10 e uma campeã, a Creusa Castro (@creusangelica), na categoria baixa estatura e que estrela nossa reportagem.

Vale salientar que os classificados para os WheelWod Games de 2020, mais os top 10 atletas que disputaram o Open 2021, irão disputar, em Junho, de forma online, uma das 5 vagas para a etapa presencial do WheelWod Games 2021 em Novembro nos EUA. Lembrando que, até o ano passado, o WheelWod Games era (e ainda é, sem algo oficial da CrossFit) considerado o grande campeonato mundial da categoria e já contou com a participação de diversos brasileiros.

Como tivemos que fazer um corte, vamos tratar aqui ou dos atletas que figuram no top 10 de sua categoria ou os mais bem posicionados. Mas vejam as categorias e os atletas a seguir:

Homens e Mulheres Adaptado: extremidade superior

Wesley Queiroz (8º)
Elaine Rocco (7º)

Homens e Mulheres Adaptado: extremidade inferior

Vinicius Alves (6º)
Hildon Carvalho (9º)

Jéssica Claro (26a)

Homens e Mulheres Adaptado: Neuromuscular

Renato Macedo (16º)
Ana Cláudia Félix (28º)

Homens e Mulheres Adaptado: Visão

Gerson Carvalho (40º)
Eleusa Matias (3º)
Liliane Camargo (5º)

Homens e Mulheres Adaptado: baixa estatura

Creusa Castro (1º)
Gledja Lidiane (4º)

Homens e Mulheres Adaptado: atletas sentados (com funcionalidade de quadril)

Marcelo Morais (27º)
Ana Fonseca
(infelizmente não computou nem resultado do Open)

Homens e Mulheres Adaptado: atletas sentados (sem funcionalidade de quadril)

Cássio Dutra (4º)
Diego Coelho (6º)
Nélio Oliveira (9º)
Letícia Ferreira (9ª )

Homens e Mulheres Adaptado: Intelectual

Wesley Matos (infelizmente não computou nem resultado do Open)

Apesar de uma busca intensa, não consegui identificar o Instagram de todos os atletas. Fica aqui também o meu agradecimento ao grande atleta Diego Coelho que me ajudou no processo de escrever os artigos sobre atletas adaptados, me ajudou a fazer um painel sobre o assunto que está no nosso canal do YouTube e sempre foi um grande incentivador no Brasil.

Enable Notifications    OK No thanks