Mais 6 homens, mulheres e times garantem sua vaga para os NoBull CrossFit Games 2021

Compartilhe

Mais duas semifinais dos CrossFit Games ocorreram esse último final de semana: The Granite Games, em Minnesota, nos EUA, e Fittest in Cape Town (FiCT), na África do Sul. O primeiro garantiu 5 vagas em cada categoria enquanto a semifinal sul africana apenas uma. Com exceção da grande campeã dos Granite Games, deu a lógica em ambos os eventos com especial atenção para as duas teens, Mal O’Brien e Emma Cary nos Granite Games, que impressionaram com um segundo e terceiro lugar geral e vão disputar com a elite mundial esse ano. Mas vamos para a análise de cada um dos eventos.

The Granite Games

Individual Feminino

Enquanto os olhos do mundo estavam nas adolescentes que chegaram a estar no topo no final do segundo dia, Arielle Loewen foi chegando aos poucos e no terceiro dia garantiu seu lugar não apenas nos Games pela primeira vez, como no topo da semifinal numa final emocionante que envolveu um sofrido overhead walking lunge com dois dumbbells de 50 lbs. Ela que parou de disputar as grandes competições para ser mãe em 2019, voltou com tudo e garantiu sua primeira ida aos Games esse ano.

Outras duas novatas, ambas adolescentes, mostraram no presencial que elas não são o futuro do esporte. Elas já são o momento do esporte. Mallory O’Brien e Emma Cary, ambas com 17 anos, ficaram respectivamente com a segunda e a terceira colocação. A performance das duas mostram que elas estão prontas para disputar frente a frente com grandes nomes. Por vezes de forma bem destemida indo para um tudo ou nada e quase sempre mantendo o ritmo até o final, as duas prometem chegar nos Games dando trabalho para as veteranas.

Finalizam entre as classificadas a super veterana Alessandra Pichelli, que garantiu sua nona ida aos Games e Caroline Connors, que carimbou sua estreia na grande final.

Nicole Mghenyi (6o), Kristi Eramo O’Connel (7o), Stephanie Chung (8o) vão poder disputar o Last Chance Qualifier para tentar, no caso das duas últimas, voltar aos Games.

Individual masculino

Com um grupo cheio de ex-atletas Games, apenas um novato conseguiu sua ida para a grande final esse ano na última vaga. De resto, teremos Saxon Panchik, o grande campeão, indo para o seu quarto games esse ano numa performance caracterizada pela consistência. Sem nenhuma vitória em nenhuma das provas, ele garantiu o 1o lugar geral por ter dois 7o lugares como as piores colocações gerais.

Um dos favoritos de sempre do público, Chandler Smith, ficou com o segundo lugar geral e garantiu seu retorno aos Games esse ano depois de ter ido pela primeira vez em 2019 e tendo sido cortado na 15a colocação. Após ter sido eliminado depois da primeira prova em 2019 tendo ficado num desastroso 105o lugar, Tim Paulson treinou mais forte e melhor e com a 3a colocação geral nos Granite Games garantiu sua ida ao 4o Games de sua carreira.

Rogelio Gamboa, ou Roy Gamboa, é um velho conhecido dos brasileiros pelos South Regionals. Ele disputou o individual dos Games em 2016 e 2018 e acabou indo por times em 2019. Esse ano ele volta aos Games no individual após um quarto lugar sofrido em que foi galgando sua subida como o passar das provas. E outro atleta famoso por seus mullets, Colten Mertens, vai estrear no inidividual após a disputa por times nos Games de 2018 pela CrossFit Kilo.

Nick Mathew (6o), Taylor Self (7o) e Austin Spencer (8o) vão disputar a vaga no Last Chance Qualifier. Ficou de fora Anthony Davis (10o) que havia terminado o primeiro dia na liderança após um impressionante snatch de 340 lbs, o maior já feito em uma competição oficial da CrossFit.

Times

Na competição de times, a disputa ficou pelas últimas duas vagas tendo o grande vencedor, Omnia, dominado a competição e ficado quase 100 pontos a frente do segundo colocado. Movefastliftheavy garantiu o segundo lugar e o time I1UVIT, que ficou em primeiro nas quartas, teve que lutar após o primeiro dia para garantir o 3o lugar geral. Finalizam os classificados o azarão 8th Day Gym e o Ocean States Finest.

Fittest in Cape Town

Com apenas uma vaga e uns franco favoritos, os classificados não mostraram grandes surpresas. Com 3 primeiros, dois segundos, um terceiro e um quinto lugar, Jason Smith dominou o evento e garantiu seu retorno aos Games. Numa disputa entre duas Michelles e uma Dina, deu Michelle Basnett, que vai estrear nos Games esse ano. Surpresa menor ainda nos times, com o Eikestad Mighty Oak ganhando absolutamente todos os eventos.

Esse fim de semana agora teremos apenas competições online incluindo a semifinal nacional. E aí? Apostas feitas?

Enable Notifications    OK No thanks