Cinco equipes da Argentina são desclassificadas dos CrossFit Games 2022

Compartilhe

A CrossFit publicou em seu site o anúncio que 5 equipes argentinas foram oficialmente desclassificadas da temporada dos CrossFit Games desse ano. O motivo? A afiliada que eles estavam treinando não oferecia espaço físico adequado e, por isso, estavam treinando em outro local.

De acordo com as regras da CrossFit, para formar um time os atletas devem (a partir de 13 de Janeiro desse ano)

  • Morar em até 100 milhas do local (aprox 161 km);
  • Os atletas são membros ativos da afiliada;
  • O atleta tem que treinar regularmente na afiliada (não precisa ser diariamente, mas algumas vezes por semana);

Há formas de se provar isso com boletos, posts em mídia social e etc. A questão é que essa box, de um importante membro da comunidade do CrossFit Argentino, é uma garage box e não haveria condições para que as equipes treinassem lá.

Quem deu mais detalhes foi o coach de uma dessas equipes que acreditava que, por elas estarem seguindo a mesma metodologia e ligadas a um mesmo box, todos poderiam competir por aquele box. No caso, o coach seria ninguém menos que Facundo Etchecolatz, coach da Mayheem (do Rich Froning), que programa para o nosso Gui Malheiros. Ele cadastrou a equipe sob sua responsabilidade, Mayheem Libertad, no CrossFit SDC, que fica em Buenos Aires, pois trabalharia em conjunto com o Headcoach e que esse estaria à disposição da equipe além de ser membro do seminar staff da CrossFit. Pelo menos, isso foi o que foi dito na entrevista dada por Facundo à @boxtvar. Mas as pessoas dessa equipe não treinam na SDC CrossFit, @crossfit.sdc .Ela foi escolhida exclusivamente pelo seu coach, e os atletas treinaram juntos porém em diversos boxes já que nenhum satisfaria a necessidade de todos os treinos a serem programa dos. Contudo, como nas regras, eles precisavam treinar na SDC CrossFit. Ao entrar no Instagram de alguns atletas que fazem parte das equipes eliminadas, não encontrei vídeos comprovando que treinam lá e o Open mesmo não foi realizado lá.

As outras 4 equipes se encontram na mesma situação da Mayheem e foram todas desclassificadas.

Esse tipo de desclassificação não é inédita. Algumas equipes no Brasil já foram desclassificadas pelo mesmo motivo e tudo funciona à base de denúncia. Aparentemente, pela entrevista dada por Facundo à @boxtvar, a denúncia saiu de alguém da Argentina. As 5 equipes desclassificadas foram:

  • CrossFit SDC Mayhem Libertad: Nicolás Bidarte, Melina Rodriguez, Jimena Delamer e Santiago Comba
  • CrossFit SDC Four Wild: Jenni Reyes, Lucas Arce, Mailu Maucci e Iván Adamenas
  • CrossFit SDC Ghostbusters Team: Matías Berretti, Kiara Schneider, Flor Brohman e Lauro Brichetti
  • CrossFit SDC Samurai Team: Tomás Borghiani, Pau Martínez, Facundo Lobalzo e Fernanda Palacios
  • CrossFit SDC Revolution: Rodrigo Santorum, Cielo de La Canal, Facundo Niño e Sofía Strada.

Uma pena para o esporte que perde bons times. Ao mesmo tempo é sempre importante salientar que as regras devem ser lidas por todos que desejam competir, coach e atletas, para não serem pegos de surpresa em nenhum momento e acabar perdendo a temporada.

Subscribe for notification