Mais dois atletas são pegos no exame antidoping e seus times podem ficar de fora dos 2022 NOBULL CrossFit Games

Compartilhe

Com os dois já reportados aqui, são 4 os atletas (todos de times) que testaram para substância proibidas pela CrossFit. Os únicos resultados divulgados até o presente momento são de semifinais das primeiras duas semanas: Syndicate Crown @syndicatecrown e Mid Atlantic CrossFit Challenge @midatlanticcrossfitchallenge. Ambas ocorreram nos Estados Unidos. Os atletas são:

  • Stephen Wallace, @stephen_wallace_1 do Blues City CrossFit Gold, forneceu uma amostra que continha ostarine no Syndicate Crown em 22 de maio de 2022.
  • Toby Johnson, da Koda CrossFit United, forneceu uma amostra que continha um metabólito de GW501516 (Cardarine) no Mid-Atlantic CrossFit Challenge em 29 de maio de 2022.

O time de Stephen ficou na 7a colocação, ou seja, não foi classificado oficialmente aos Games. Mas vale lembrar que um outro time da mesma semifinal está com um atleta em processo revisão e pode ser desclassificado. Stephen veio a público em sua conta no Instagram, comentando que não conhecia o produto e que não sabe como ingeriu e que deve ser fruto de contaminação cruzada.

Toby Johnson tem uma conta de Instagram fechada e é o primeiro em que um anúncio da CrossFit sem um post público do atleta comentando o resultado é feito. Todos os resultados estão sendo contestados pelos atletas e nada é ainda definitivo.

Subscribe for notification