CrossFit terá que chamar 5o e 6o colocados do Copa Sur para os Games. Atleta individual canadense admite o uso de substância proibida e está fora

Compartilhe

Aparentemente, sem nem esperar a notificação dos testes realizados pela CrossFit, Tatá Rebane @fetatarebane postou um vídeo em seu Instagram anunciando que o Team treta não iria aceitar o convite mesmo que tenha dado tudo certo no exame antidoping. Isso por que ninguém tem visto ou passaporte em dia para ir aos Games. Como eles haviam passado na repescagem para o @cfcopasur, não se prepararam para tal.

Já a atleta Inês Alviso @inesalviso, do time da KingBull CrossFit no Paraguai, comunicou que recebeu o resultado do seu exame anunciando que havia falhado por um uso de substância proibida. Ela alega que tomou algo sem seu conhecimento mas que o processo de apelação é custoso e demorado e que não irá apelar.

Por fim, o canadense que abrilhantou o primeiro dia do Atlas Games, ganhando as duas provas, admitiu que estava sob uso de uma substância proibida. Nycolas Joyal @nyck.joy alegou que não estava bem mentalmente, desapontado com onde seu “fitness level” tinha ido durante o Open e que por duas semanas fez sim uso da substância.

Falta ainda um anúncio oficial da CF sobre o caso da Copa Sur e do Nicolas. Mas pelo visto, serão chamados os 5o e 6o colocados: Team Tuluka @teamtuluka e Vittoria More Reps @vittoriacrossfit.

Subscribe for notification