Mais três times provavelmente fora dos 2022 CrossFit Games, incluindo os dois classificados pelo Copa Sur: Q21 e Ribeirão Preto

Compartilhe

De oficial mesmo, anunciado pela CrossFit temos apenas o teste antidoping da atleta Liza Burns, que continha metabólitos de GW501516, ou Cardarine (fazendo aí mais uma vítima). Ela fazia parte do time campeão, o CrossFit Commit Okavango. Ela está apelando pois houve um erro administrativo, já que a amostra estava classificada como sendo masculina. Contudo, a CrossFit alega que investigou o caso e que a amostra é de fato dela.

A notícia triste mesmo para nós veio como anúncio oficial dos times que levaram a vaga pelo Copa Sur, em especial o time brasileiro da CrossFit Ribeirão Preto @crossfitribeiraopreto que havia conquistado o segundo lugar. Em um post no Instagram, eles anunciam que falharam no teste de doping e portanto estarão fora dos CrossFit Games. Eles assumem a responsabilidade pelo fato e pedem sinceras desculpas à “família Sangue Verde, Copa Sur @cfcopasur e CrossFit Games @crossfitgames.”

O primeiro colocado, time q21 @q21team, postou um comunicado oficial em seu Instagram falando que a atleta @sabridellagiustina falhou o exame e assumiu que de fato havia tomado a substância. O comunicado salienta que o restante do time e o treinador não tinham conhecimento que ela estava usando a substância e que estão devastados por isso. No comunicado ainda afirmam que: “Devido a este ato de irresponsabilidade e falta de ética desportiva Sabrina Dellagiustina foi desligada indefinidamente do time Q21.”

As duas vagas passam agora para os próximos dois times: o Team Treta e o KingBull CrossFit Paraguay.

Subscribe for notification